Arquidiocese de Passo Fundo
 
 
Santa Terezinha | Ciríaco

Santa Terezinha | Ciríaco

Pároco: Padre Bruno Silva
Número de Comunidades:18
Data da fundação: 02 de agosto de 1959

Expediente na secretaria:
Segunda à Sexta: das 9:00 as 11:00; Tarde: 13:00 às 17:00 horas
Sábado: 8:00 às 12:00 horas

 
 
 

Os primeiros habitantes da região de Ciríaco foram os índios, principalmente guaranis e caigangues, que viviam em perfeita harmonia com a natureza. A região de Ciríaco situa-se no divisor de águas entre as bacias do Rio Uruguai e do Rio Jacuí, estando no município as nascentes dos Rios Ligeiro, Carreteiro, São Domingos e Quaraim, além de numerosos riachos.
Podemos dizer que a presença dos homens "brancos" em Ciríaco começou com os missionários jesuítas, nos tempos das missões (final do Século 17). Ciríaco fazia parte do Campo do Meio, a grande invernada de gado dos índios missioneiros, situada entre o Mato Castelhano (atual divisa entre Passo Fundo e Mato Castelhano) e o Mato Português (adiante de Ciríaco). Esta região ficou pertencendo definitivamente ao Brasil apenas em 1801.

Pelo que se sabe, apenas entre os anos 1800 e 1820 alguns tropeiros paulistas e seus descendentes fixaram-se na região do Campo do Meio, formando estâncias para criação de gado. Destes paulistas é que foram surgindo as primeiras povoações, entre elas Passo Fundo.

Mais adiante no tempo, já no final do século 19, a região de matas entre os Rios São Domingos e o Rio Quaraim foi ocupada por luso-brasileiros, que fugiam das revoluções ou se escondiam da lei. Porém, somente no início do século vinte surgiram os imigrantes de origem européia (italianos, poloneses e alemães), dando então origem ao povoado que se chamaria Ciríaco, Estes imigrantes colonizaram não apenas a região de campo, mas principalmente a região de matas, começando a derrubada da floresta nativa.

A vida religiosa da população seguiu o mesmo traçado do povoamento. Os estancieiros vindos de São Paulo no começo do século 19 trouxeram uma religiosidade de fundo católico. Como o atendimento por parte de sacerdotes era muito raro, o povo vivia a religião do modo como as pessoas haviam aprendido em suas famílias. Era tradicional a Festa do Divino. Devoções de origem lusa eram cultivadas, como a devoção ao Espírito Santo, à Imaculada Conceição, a São Sebastião e Santo Antônio... A partir de 1836, com a presença de sacerdotes em Passo Fundo, vez por outra uma estância era visitada, quando se realizavam os batizados e casamentos... Religiosidade simples, popular, mesclada com superstições e crendices. Está na memória do povo, por exemplo, a passagem do "monge" João Maria (personagem mítico da revolução do Contestado em Santa Catarina). Ainda hoje o povo indica uma fonte próxima a Cruzaltinha que teria água milagrosa porque o monge teria bebido e abençoado aquela água...

Antes da chegada dos filhos de imigrantes europeus, já no século 20, não foi construída nenhuma capela com comunidade organizada. Entre os anos 1922 e 1923 chegaram os primeiros colonos vindos de Veranópolis, Nova Prata e Guaporé.

Os padres palotinos, inicialmente, e depois os padres Missionários da Sagrada Família, de Passo Fundo, começaram a dar atendimento aos colonos. Em 1930 foi construída uma simples capela, de madeira, localizada em frente à atual casa paroquial, na esquina das ruas Menino Deus e Joaquim de Oliveira Neto.

Há registros de que em 1932 o Bispo de Santa Maria visitou esta capela. Muitos colonos foram afluindo para a região hoje formada pelos municípios de Ciríaco, Davi Canabarro e Muliterno, a ponto de desejarem que fosse criada uma paróquia na região. A disputa pela paróquia aconteceu entre Ciríaco (então Vila do Bom Retiro) e Davi Canabarro então Sede Trinta e Cinco). Em 1939 os padres da Sagrada Família, que substituíram os palotinos no atendimento à paróquia de Passo Fundo, optaram por fixar residência Sede Trinta e Cinco, pois a região tinha mais capelas organizadas embora a sede fosse muito menor que Ciríaco. Em 1944 foi criada a paróquia da Sagrada Família de Davi Canabarro, à qual passou a pertencer a região de Ciríaco. Ciríaco continuou a crescer. Foi construída nova e ampla Igreja. Foram organizadas muitas capelas no interior. Em 1951 foi criada a Diocese de Passo Fundo e Ciríaco no mesmo ano, passou a ser distrito de Passo Fundo.

Finalmente, em 2 de agosto de 1959 foi criada a paróquia de Ciríaco e dada a posse ao primeiro Pároco, Pe. Elpídio Sulzbach. Em 19 de maio de 1966 foi instalado oficialmente o município de Ciríaco. A paróquia foi atendida desde o começo pelos Padres Missionários da Sagrada Família. A partir de 24 de janeiro de 2002 foi entregue aos cuidados dos padres diocesanos.

 
 
Local e Contato

Endereço: Rua Menino Deus, 443 CEP: 99970-000 | Ciríaco
Telefone: (54) 3346-1288
Email: psterezinhaciriaco@arquidiocesedepassofundo.com.br

 
 
 
CONTATO
Cúria Metropolitana
Rua Coronel Chicuta, 436 - 4º Andar | sala 401 Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9240

Centro de Pastoral
Rua Coronel Chicuta, 436 - 4º Andar | sala 410 Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9204
 
 
 

Copyright @ 2024 - Arquidiocese de Passo Fundo. Todos os direitos reservados.