Arquidiocese de Passo Fundo
 
 
Sínodo 2023
 
16.Mar - Criatividade e comunhão marcam processos de escuta do Sínodo 2023 em igrejas particulares do Regional Sul 3
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Criatividade e comunhão marcam processos de escuta do Sínodo 2023 em igrejas particulares do Regional Sul 3

Desde outubro do ano passado, as 18 arqui/dioceses do Regional Sul 3 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) desenvolvem a primeira fase da escuta para o Sínodo dos Bispos de 2023. Este caminho, que será vivido por toda a Igreja até outubro do ano que vem, tem como tema “Por uma Igreja Sinodal: Comunhão, Participação e Missão”.

 

Documento Vademecum para o Sínodo explica que em todo o processo de escuta “muita riqueza virá de discussões entre paróquias, movimentos, leigos, escolas e universidades, congregações religiosas, comunidades cristãs de bairro, ação social, movimentos ecumênicos e inter-religiosos e outros grupos”. Portanto, ressalta justamente a importância desta fase diocesana.

 

A abertura do Sínodo, em outubro, marcou nas arqui/dioceses o início deste processo de escuta que inicialmente deveria ser concluído este mês e que depois foi prorrogado para 31 de julho no Brasil – com sistematização da Equipe Nacional até 15 de agosto de 2022. Por isso, cada Igreja local tem agora mais tempo para desenvolver esta escuta, possibilitando um alcance maior ao povo e um aprofundamento no processo sinodal em cada realidade.

 

Escuta abrangente da população no Regional Sul 3

 

Na Arquidiocese de Passo Fundo as paróquias, grupos e pastorais estão desenvolvendo o processo de escuta em diversas metodologias. A coordenação do Sínodo na arquidiocese também disponibilizou um formulário para contribuições individuais e online, de modo a garantir uma maior inclusão de quem eventualmente não participa de nenhum grupo.

 

Uma novidade interessante é a constituição de uma equipe com os representantes de diversos movimentos sociais da região, não diretamente ligados à Igreja, mas como expressões de muitos grupos sociais. “Na equipe tem movimento de mulheres, indígenas, negros e de moradores da periferia, o que nos ajudará a compreender, a partir de uma visão de fora da Igreja, como podemos auxiliar essas populações”, explica Amanda Nascimento, da arquidiocese.

 

Para as 53 paróquias, o prazo final para a entrega do material é o dia 15 de junho.

 

Inclusão e compromisso paroquial

 

Em grande parte dos locais, os formulários são enviados às paróquias e comunidades para o desenvolvimento deste processo de escuta, buscando sempre alcançar o maior número de pessoas.

 

Em Santa Maria foi distribuído um questionário impresso com a orientação de que sejam entregues aos pais dos catequizandos. Há, ainda, um link de formulário que busca a participação dos padres, religiosos, seminaristas e representantes de pastorais.

 

Além de divulgar nas redes sociais, a Arquidiocese também encaminhou um convite especial à imprensa local, para a divulgação e participação.

 

diocese do Rio Grande, além de realizar encontros em todas as paróquias pertencentes nas seis cidades que compõe (Rio Grande, São José do Norte, Santa Vitória do Palmar, Mostardas, Tavares e Chui), teve como objetivo ouvir também os movimentos e grupos pertencentes à Igreja. Muitas paróquias aproveitaram a oportunidade e junto ao encontro sinodal realizaram o seu retiro, com momentos de espiritualidade, orações e reflexões sobre os questionamentos sinodais. Na diocese o processo já foi finalizado cumprindo a meta desejada que foi envolver o maior número de pessoas no processo sinodal.

 

No extremo norte do RS, a diocese de Frederico Westphalen preparou, através da Equipe Diocesana de Animação do Sínodo, uma série de subsídios para serem trabalhados nas paróquias: carta de apresentação, com orientações e sugestões de aplicação do questionário; peregrinação nas paróquias do ícone de Nossa Senhora de Pentecostes; folheto litúrgico com a celebração de acolhida da imagem de Nossa Senhora de Pentecostes; panfleto com a oração do Sínodo; e o formulário a ser aplicado para consulta ao povo de Deus.

 

“O encerramento da fase diocesana será no dia 24 de junho, dia que coincide com a celebração dos 60 anos de nossa Diocese”, explica Pe. Renato Rosa, coordenador da equipe diocesana de animação do Sínodo.

 

Tempo de revisão


diocese de Caxias do Sul realizou o cronograma de escuta considerando a data anterior divulgada pelo Vaticano. Agora, com o adiamento do prazo, as sínteses foram reenviadas às paróquias e comunidades para novas considerações até o dia 30 de junho.

 

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo
imprensa@arquidiocesedepassofundo.com.br
Informações: Comunicação Regional Sul 3


Indique a um amigo
 
CONTATO
Cúria Metropolitana
Rua Coronel Chicuta, 436 - 4º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9240

Centro de Pastoral
Rua Coronel Chicuta, 436 - 2º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9204
 
 
 

Copyright @ 2022 - Arquidiocese de Passo Fundo. Todos os direitos reservados.