Arquidiocese de Passo Fundo
 
 
Arquidiocese
 
23.Nov - Arquidiocese acolhe padre Moisés Geremia
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Arquidiocese acolhe padre Moisés Geremia

Motivada pelo trecho do Evangelho de São Mateus e lema vocacional -“Bem-aventurados os pobres em espírito, porque deles é o Reino dos Céus”. - a comunidade de Dois Lajeados e da Arquidiocese de Passo Fundo vivenciou, no último domingo, 22, a ordenação presbiteral de Moisés Geremia e acolheu o novo padre que seguirá atuando na paróquia São José Operário, em Passo Fundo. Moisés foi ordenado padre em uma celebração que envolveu a comunidade e o clero em uma reflexão sobre a importância do serviço e da entrega ao projeto de Deus.

 

 

Em busca da transformação 
A celebração, que foi transmitida pelas redes sociais e pelas rádios Aurora, de Guaporé, e Planalto News, de Passo Fundo, foi presidida pelo arcebispo de Passo Fundo, dom Rodolfo Luís Weber, e acompanhada pelos padres da Arquidiocese. Durante a sua homilia, dom Rodolfo destacou a importância de o cristão transformar o ambiente em que está inserido. “Cristo faz com que nós, cristãos, tenhamos rumo, horizonte e que tenhamos, diante de nós, um justo juiz e pastor que nos conduz por esse mundo e que nos trata com liberdade. Ele nos chama, convida e envolve para transformarmos esse mundo em um espaço sagrado de Deus. Essa é uma tarefa de todos nós”, iniciou o bispo. “O chamado de Deus é constante e permanente. Ele continua chamando as pessoas para colocarem-se a serviço dos outros. O sacramento da Ordem nos coloca a serviço dos outros e é destinado para a salvação dos outros”, complementou.

 

Dom Rodolfo colocou, ainda, que o Sacramento da Ordem, por essência e natureza, só faz sentido na medida em que for ordenado para o outro. “ A Igreja existe para ajudar as pessoas a conhecerem o Cristo, perseverarem no caminho, se fortalecerem e propagarem a Boa Nova para o mundo. Por isso, uma ordenação presbiteral é importante para toda a Igreja”, concluiu.

 

À serviço do povo 
Além das palavras de dom Rodolfo, Moisés, que é natural de Dois Lajeados e viu a vocação nascer em meio à família, vivenciou, durante o rito de ordenação, a experiência da doação, do serviço e do comprometimento. O novo padre foi ungido pelo arcebispo, professou seus compromissos e foi revestido pela túnica e estola sacerdotal. Ainda, os padres presentes na celebração também receberam com alegria o novo irmão, abençoando-o pela imposição das.

 

Em sua fala, o novo padre iniciou agradecendo a Deus pelo chamado e pelo envio à missão, à família, à Arquidiocese e as comunidades onde vivenciou sua fé e agradeceu, também, as pessoas que encontrou no caminho pelo apoio e acolhida. O jovem também destacou o compromisso assumido, o desafio de “ser pobre em espírito”, conforme o lema escolhido, e, ainda, o desafio de confiar em Deus. “Somos o seu povo e sonhamos com uma Igreja nos moldes do Concílio Vaticano II, formada por pessoas livres e protagonistas que se doam e atravessam nações e culturas, o tempo e o espaço”, iniciou. “Considero-me um simples trabalhador da vinha do Senhor. Sei – e acredito – que Ele remove até mesmo as pedras mais duras e sabe agir com instrumentos frágeis e insuficientes. Necessito da oração de vocês para que eu seja um padre bom, humilde, sensível, servidor, capaz de trabalhar em equipe e de seguir os passos de Jesus”, colocou e concluiu com a música “Até Aqui o Senhor Nos Conduziu” que, segundo ele, pode expressar bem o sentimento pela ordenação presbiteral.

 

Sammara Garbelotto
Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo
imprensa@arquidiocesedepassofundo.com.br
Fotos: News Produções


Indique a um amigo
 
CONTATO
Cúria Metropolitana
Rua Coronel Chicuta, 436 - 4º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9240

Centro de Pastoral
Rua Coronel Chicuta, 436 - 2º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9204
 
 
 

Copyright @ 2021 - Arquidiocese de Passo Fundo. Todos os direitos reservados.