Arquidiocese de Passo Fundo
 
 
FORMAÇÕES
31.Mai - “FRATELLI TUTTI”: CORAÇÃO ABERTO AO MUNDO TODO
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
“FRATELLI TUTTI”: CORAÇÃO ABERTO AO MUNDO TODO

 


Nosso querido e sempre admirável Papa Francisco escreveu uma carta encíclica sobre a fraternidade e a amizade social intitulada “FRATELLI TUTTI”. Na língua italiana significa “todos irmãos”, uma palavra que ouvimos com o maior prazer: somos todos filhos e filhas do Pai/ irmãos no cuidado da vida/ no cuidado do planeta terra/ bem como na vivência da fé/ e no compromisso do Evangelho. Irmãos e irmãs na sagrada missão de construir do Reino de Deus.


No capítulo IV da encíclica, o Papa aborda a necessidade de abrir-nos ao outro e sobretudo, abrir-nos ao migrante. Ninguém deve fechar-se em si mesmo ou fechar qualquer tipo de fronteira, pois dependemos uns dos outros: “ou nos salvamos todos ou não se salva ninguém”, afirma Francisco. Além do mais, o mundo foi criado para todos. Era assim que Jesus falava: “O sol e a chuva são para todos” (Mt 5,45).


TODOS MIGRANTES


Na verdade, todos nós somos devedores ao país que acolheu nossos antepassados vindos da Itália/ da Alemanha/ da Polônia/ da África/ ou de outros países. Somos filhos/ netos/ ou bisnetos de migrantes. Bem acolhidos, os migrantes construíram história.


Nossos antepassados foram empurrados para a migração por motivos diversos, especialmente pela injustiça e pela fome. Na verdade, expulsos da pátria... Todos carregavam na alma e no coração grandes sonhos: encontrar um espaço para viver com dignidade e liberdade. Entre as muitas correntes migratórias, os antigos escravos do Egito, nossos antepassados, conhecidos com o nome de israelitas, sonhavam com uma “terra onde corresse leite e mel” (Ex 3,8). Leite era símbolo de alimentação e mel, símbolo de liberdade. Mais tarde, na mesma direção, o profeta Isaías anunciava “novos céus e nova terra” (Is 65,17-25). Jesus, por sua vez, falava do mesmo jeito: 92 vezes falou em “Reino de Deus”, nos dizem os Evangelhos. Era tudo o que o povo de Jesus queria ouvir. E é assim que nós também queremos. O Reino prometido para a eternidade é graça do Pai. O Reino de Deus aqui da terra, deve ser construído pela busca da verdade/ pela prática da justiça/ e pela vivência da solidariedade. Então, depende de Deus e depende de nós... Só assim dá certo.


OS MIGRANTES DAQUI E DALI


Na região de nossas dioceses e comunidades, encontramos homens/ mulheres/ e crianças diferentes de nós: pela cor da sua pele/ pela língua/ pelos costumes/ e até pela religião que professam: senegaleses/ haitianos/ venezuelanos/ e outros. No contato com eles, percebemos serem pessoas iguais a nós, gente boa/ corretos/ e trabalhadores. Nos seus rostos/ na fala/ e nos seus sentimentos, de maneira misturada, manifestam a dor da migração/ a saudade dos familiares/ e a esperança do “pão/ do teto/ e do trabalho”, como sempre fala Francisco. Desejamos firmemente que todos encontrem o espaço que procuram para viver com dignidade. De nossa parte uma palavra/ um gesto/ e o testemunho de vida, farão muita diferença!


O QUE O PAPA PROPÕE


O Papa propõe uma coisa simples: abertura do coração às pessoas e à cultura dos migrantes: acolher/ proteger/ promover/ e integrar. Como vemos, nada de muito complicado. Para isto é preciso “recuperar a boa vizinhança e a solidariedade”, recomenda Francisco. Os migrantes, são sempre uma bênção e um dom. Eles veem para somar e com eles podemos aprender e nos enriquecer com belíssimas lições do Evangelho. Sobretudo, nos unir para construir uma sociedade democrática/ justa/ solidária/ e ecumênica. Não deveremos, porém, esquecer um alerta: isto só será possível “se a alma não for pequena”, como adverte o poeta Fernando Pessoa.


 


Pe. Nelson Tonello


 


Itepa Faculdades

Itepa Faculdades

Artigos escritos pela equipe do Itepa Faculdades.

Indique a um amigo
 
CONTATO
Cúria Metropolitana
Rua Coronel Chicuta, 436 - 4º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9240

Centro de Pastoral
Rua Coronel Chicuta, 436 - 2º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9204
 
 
 

Copyright @ 2021 - Arquidiocese de Passo Fundo. Todos os direitos reservados.