Arquidiocese de Passo Fundo
 
 
FORMAÇÕES
09.Mar - Celebração de abertura do ano catequético, por quê?
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Celebração de abertura do ano catequético, por quê?

 


Para melhor compreendermos o “porquê” da celebração de abertura do ano catequético é importante partir do pressuposto de que a fé cristã não é possível sem a comunidade, pois na base do ser cristão está a comunidade eclesial, discípula missionária de Jesus. A vivência do Evangelho acontece de modo concreto e visível em uma comunidade de fé, chamada a ser sinal do Reino. Sem essa experiência de vida comunitária, a fé seria desencarnada e abstrata, uma experiência intimista, isolada e desconectada com o projeto de Jesus Cristo.


A Igreja, enviada pelo Senhor, é chamada a anunciar a chegada do Reino de Deus, incorpora novos membros a Cristo pelo Batismo, partilha numa mesma mesa do Corpo do Senhor, forma discípulos missionários, conscientes da própria missão, a partir do encontro pessoal com Jesus Cristo. Por ser comunidade de pessoas iniciadas na fé, a comunidade eclesial vive o processo de evangelização buscando favorecer itinerários de fé, que conduzem as pessoas ao verdadeiro encontro com Jesus e a uma profunda mudança de vida.


Nesse sentido, podemos afirmar que a iniciação à vida cristã tem uma profunda relação com a comunidade eclesial, pois essa está na base de qualquer processo iniciático, uma vez que a Iniciação à Vida Cristã é um processo gradual de fé realizado com a ajuda de uma comunidade de pessoas adultas na fé, chamadas a ser presença que acolhe, acompanha e testemunha a beleza de pertencer a Cristo e a Sua Igreja.


Em muitos modos a Igreja vem nos ajudando a refletir que a Iniciação à Vida Cristã é um caminho de inserção na vida da comunidade eclesial e trata-se de um processo pessoal e comunitário, que pede livre adesão e participação ativa, de um itinerário, que aos poucos vai transformando a vida e favorecendo a experiência comunitária, como lugar de fraternidade e de comunhão.


Iniciar o ano catequético, com uma celebração da Eucaristia, significa reafirmar a dimensão da unidade e da comunhão, no processo que se tem buscado vivenciar no itinerário da Iniciação à Vida Cristã em nossa Arquidiocese de Passo Fundo. Devido ao contexto de pandemia que vivemos, não foi possível nos encontrar, em modo presencial, como estava previsto no dia 07 de março de 2021, às 15h, na Catedral Metropolitana, para um momento celebrativo, como nos anos anteriores. Mas, estaremos sintonizados, em comunhão e unidade Eclesial, pela graça que o Espírito nos dá, em sermos o único Corpo Místico de Cristo.


Dom Rodolfo, redigiu uma Oração/Envio aos catequistas, ajudando as 53 paróquias a expressar o sentido da Abertura do Ano Catequético Arquidiocesano, pois, todas as paróquias a receberão, para ser lida num momento de celebração, em data que a situação da pandemia o permitir.  


Com este gesto, iniciaremos o ano catequético em unidade, celebrando os desejos e sonhos, os projetos e desafios, que carregamos na bonita missão de evangelizar, por meio da catequese. As coordenações paroquiais são motivadas a usarem de criatividade pastoral, para realizar a catequese presencial, quando o contexto de pandemia permitir, seguindo rigorosamente todos os cuidados sanitários exigidos nos protocolos.  Assim, cada uma celebre o início do Ano Catequético, no domingo mais oportuno e seguro.


O novo coronavírus nos isola fisicamente, mas não impede de nos sentir ainda mais fortes na comunhão espiritual, no ser Igreja comunhão, na dimensão de pertença à comunidade de fé. Será ocasião para voltar nosso olhar a Jesus, invocar sobre nossa Comunidade Eclesial Arquidiocesana, as luzes do Espírito Santo, para intuirmos os novos caminhos de evangelização que esse tempo da História nos aponta. Pois, no processo formativo de catequese, falamos da necessidade de apresentar Jesus Cristo e conduzir as pessoas ao verdadeiro encontro com Ele. Renovamos a certeza de que a oração nos eleva a Deus e o espírito de comunhão e fraternidade nos une num só coração e numa só alma, enquanto discípulos missionários a caminho do Reino definitivo. 


 


ORAÇÃO / ENVIO


 


Catequistas!


 Deus criador, quando contemplamos a criação ficamos maravilhados por estarmos diante de uma obra que nasceu do vosso amor. Tudo é bem feito. Entre as criaturas está o ser humano que é “um pouco menor que os anjos”, reza o salmo 8. Um dia este ser humano escolheu um caminho distante do teu projeto e distanciou-se de Vós e dos irmãos e irmãs.


Da vossa infinita misericórdia nasceu o projeto de salvação para o ser humano pecador, pois não queres a sua morte. Fizestes alianças, destes sinais maravilhosos, enviastes mensageiros e na plenitude dos tempos enviastes vosso Filho Jesus Cristo. Ele novamente deu a conhecer plenamente o plano original através de palavras e ações. Com sua morte e ressurreição fez uma nova e eterna aliança com toda criação, com seu sangue.


Jesus escolheu, preparou e enviou ao mundo evangelizadores para continuarem a obra criadora e redentora. Antes, porém, os escolhidos receberam o Dom do Espírito Santo para que todas as suas palavras e ações revelassem a vontade de Deus e seu amor pelas criaturas.


Hoje, somos felizes e agradecidos porque o Evangelho chegou a nós. Conhecemos Jesus Cristo, podemos nos encontrar com Ele, podemos participar de seu Reino. Somos felizes e agradecidos pela Igreja que nasceu da vossa vontade e que nos acolheu. Mas também, somos muito agradecidos pelos catequistas que se dispõem a evangelizar.


Pedimos humildemente pelos catequistas, que o Dom do Espírito Santo que receberam no Batismo e confirmado na Crisma ilumine a sua inteligência, aqueça o seu coração e lhes dê palavras inspiradas e sagradas para transmitirem vosso Evangelho.


Ardentemente intercedemos pelos catequizandos. Suscitai neles o desejo de Vos conhecer e amar, dai-lhes a dom da ciência para compreenderem os ensinamentos e assim Vos possam seguir como discípulos e missionários na Igreja e no mundo.


A Arquidiocese de Passo Fundo, que está completando 70 anos de missão evangelizadora, tem a graça de enviar a vocês catequistas para as comunidades. Suplicamos que Deus conceda a vocês o dom da coragem e da fortaleza, particularmente neste tempo de pandemia. Que tenham, acima de tudo, no coração um amor imenso pelos catequizandos.


Em nome da Igreja, presente na Arquidiocese de Passo Fundo, eu envio a vocês para a missão evangelizadora da Iniciação à Vida Cristã.


 


 Dom Rodolfo Luís Weber


 


Equipe Arquidiocesana de Catequese

Equipe Arquidiocesana de Catequese

A Equipe Arquidiocesana de Catequese é formada por leigos e religiosos que, além de coordenar os processos de catequese na Arquidiocese, se responsabilizam pela Página Catequética - artigo publicado mensalmente no Jornal Presença Arquidiocesana e replicado nesta seção.

Indique a um amigo
 
CONTATO
Cúria Metropolitana
Rua Coronel Chicuta, 436 - 4º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9240

Centro de Pastoral
Rua Coronel Chicuta, 436 - 2º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9204
 
 
 

Copyright @ 2021 - Arquidiocese de Passo Fundo. Todos os direitos reservados.