Arquidiocese de Passo Fundo
 
 
FORMAÇÕES
21.Jan - Teste do Pezinho para 2021
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Teste do Pezinho para 2021

A vida, desde muito cedo, desafia-nos, não é verdade? A criança ao nascer, por exemplo, é submetida há diversas situações que lhe são novidades, uma vez que antes estava salvaguardada no ventre materno. Mas quando, natural e por ação cirúrgica, conhece a realidade externa, o mundo novo, respirar sozinha é, já de início, um grande e essencial exercício à sobrevivência. O nascimento é, por certo, um precioso rito de passagem, pois, deixa-se um ambiente específico de proteção e partilha para tomar conhecimento de uma realidade completamente desconhecida e competitiva. A primeira reação é chorar, não? E, a posteriori, sorrir!


Há poucos dias a humanidade inteira presenciou o nascimento de 2021. Que realidade, contexto, encarar? O Planeta Terra, a Casa Comum, gesta-nos há milênios e nos nutre com inúmeras fontes salutares à existência. Todavia, são 2021 anos da era cristã e, como recorda São Paulo na carta apostólica aos Romanos, “sabemos que a criação inteira geme e sofre até agora com dores de parto. E não somente ela, mas também nós que temos os primeiros frutos do Espírito. Gememos interiormente, esperando ansiosos a redenção de nosso corpo. Pois na esperança já fomos salvos” (Rm 8, 22-24). A esperança, realmente, salva à vida e a dignifica abundantemente na mística do bem viver societário e cidadão.


A “criança” nos braços está e, para viver, carece ser amamentada, certo? Nos primeiros dias de vida, ademais, faz-se o chamado “Teste do Pezinho” para garantir seu saudável desenvolvimento. O exame, relativamente simples, é de suma importância à saúde da criança recém-nascida, pois, caracteriza-se como ação preventiva, permitindo fazer o diagnóstico de inúmeras, possíveis, doenças congênitas, com sintomas aparentes nesta fase vital. À vida societária, neste ano nascente, é imprescindível diagnosticar possíveis situações passivas de resolução e tratamento emergente, possibilitando o bem comum às pessoas e à natureza como um todo.


Que atitude, preventiva e efetiva, faz-se necessária, então? Às crianças, o exame de saúde, disponível no sistema público, precisa ser realizado entre o 3º e o 5º dia de vida, preferencialmente. Como acontece? Consiste na retirada de algumas gotas de sangue do calcanhar da criança para, então, realizar exames laboratoriais. Uma pequena punção, quase indolor, porém, fundamental para a continuidade segura e saudável da pessoa. O infortúnio causado aos pés, mesmo antes dos primeiros passos, faz-se exigência para que a vida siga o caminho em construto; compreende? Nosso diagnóstico, hoje, como está? 


Cuidar da pessoa, seja ela criança, adolescente, jovem, adulta ou anciã é compromisso cidadão, bem como cristão. Uma sociedade saudável constitui-se por sujeitos portadores de boa saúde física, psíquica, afetiva e espiritual. O novo ano exige-nos exames específicos à vida, à dignidade, à fraternidade, à amizade social, à questão ambiental, entende? Qual o check-up societário atual? A Doutrina Social da Igreja, sugere que “uma sociedade justa só pode ser realizada no respeito pela dignidade transcendente da pessoa humana” (CDSI, n. 132) e na “responsabilidade em relação ao ambiente, patrimônio comum do gênero humano” (CDSI, n. 467); a biodiversidade. A vida é dom de Deus e tem valor inestimável.    


Portanto, neste princípio de 2021, neste recomeçar contínuo da missão humana, “é possível optar pelo cultivo da amabilidade” (FrT, n. 222) social, comunitária, familiar e pessoal. Tenhamos coragem para respirar profundo e viver este kairós contemporâneo que se desvela diante de nós todos(as), trilhando caminhos à Civilização do Amor. Como propõe a canção: “onde pisam os pés, a cabeça pensa e o coração ama. Ama o coração, pensa a cabeça e os pés pisam neste chão”. Às pessoas de boa vontade recordo, desde outrora, “um mandamento novo: amem-se uns aos outros” (Jo 13, 34), pois, o amor social, “a caridade está no centro de toda vida social sadia e aberta” (FrT, n. 184). 


Padre Leandro de Mello

Padre Leandro de Mello

Pároco na paróquia São Francisco de Assis e Assessor da Pastoral da Juventude

Indique a um amigo
 
CONTATO
Cúria Metropolitana
Rua Coronel Chicuta, 436 - 4º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9240

Centro de Pastoral
Rua Coronel Chicuta, 436 - 2º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9204
 
 
 

Copyright @ 2021 - Arquidiocese de Passo Fundo. Todos os direitos reservados.