Fazenda Anonni, símbolo de resistência pela terra

A antiga Fazenda Anonni, antes de ser ocupada pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST) na madrugada do dia 29 de outubro de 1985, possuía uma área de 9,3 mil hectares, capim e algumas cabeças de gado.

Em fevereiro, Fazenda Annoni recebe 40º edição da Romaria da Terra

No dia 28 de fevereiro de 2017, a Fazenda Annoni – primeira ocupação brasileira de famílias organizadas dentro do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, localizada em Pontão – receberá milhares de romeiros para a 40ª Romaria da Terra do Rio Grande do Sul.

Arquidiocese divulga lista de nomeações e transferências

A Arquidiocese de Passo Fundo divulgou, nesta segunda-feira,04 de dezembro, a lista de transferências e nomeações de padres e diáconos para o ano de 2018.

Arquidiocese acolhe novo diácono em dezembro

A Arquidiocese de Passo Fundo vive a emoção de uma ordenação diaconal nesta sexta-feira, 01 de dezembro: Érico Martins será ordenado, às 20h, na paróquia São José Operário.

Ano do Laicato: estímulo ao protagonismo dos leigos e a vivencia de uma Igreja em saída

O tema escolhido para animar a mística desse período é “Cristãos leigos e leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino” e o lema “Sal da Terra e Luz do Mundo”, Mt 5,13-14.

Presbíteros refletem sobre o cuidado de si mesmo em São Leopoldo

O 36º Encontro Regional dos Presbíteros, que aconteceu de 13 a 15 de novembro, em São Leopoldo, abordou o tema “Presbítero: Discípulo do Senhor e Pastor do rebanho”.

Equipes avaliam Romaria Arquidiocesana

Depois de uma programação intensa de homenagens, pedidos e gratidão, a Romaria Arquidiocesana de Nossa Senhora Aparecida  foi avaliada, na noite desta segunda-feira, pelas equipes de trabalho que construíram durante todo o ano a proposta para a Romaria de 2017.

Romaria dos Cavaleiros

No último domingo de outubro, 28, as homenagens à Nossa Senhora Aparecida - celebrada no dia 12 do mês - foram encerradas com a Romaria dos Cavaleiros.

Portaria do trabalho escravo é desumana e retrocesso, diz CNBB

Também nesta quinta-feira, a CNBB disse considerar "desumana" e "retrocesso" a portaria do Ministério do Trabalho que alterava os critérios de combate ao trabalho escravo. 

CNBB comenta fundamentalismo e intolerância contra símbolos da fé

Mensagem sobre fundamentalismo e intolerância contra símbolos da fé foi publicada pela CNBB nesta quinta-feira, 26

Páginas