Paróquia Bom Jesus celebra o reenvio das capelinhas

Encerrando o Mês Missionário e os jubileus de Nossa Senhora de Fátima e Nossa Senhora Aparecida, a comunidade paroquial Bom Jesus, em Carazinho, realizou, no último domingo, 29, uma missa com a presença das capelinhas e das zeladoras – presidida pelo padre Mateus Danieli, pároco, e concelebrada pelo padre Gheno, vigário paroquial.

Como conta o padre Gheno, que chegou em Carazinho há 57 anos, na época existiam apenas três capelinhas que passavam nas famílias: uma era de Nossa Senhora Aparecida, outra era bem pequenina com a imagem de Nossa Senhora de Fátima e outra era de palha trançada. Haja visto o crescimento da cidade e das famílias, foi feito um trabalho evangelizador através das zeladoras e da setorização das capelinhas.  Além da visita peregrina da imagem de casa em casa, as zeladoras sempre foram responsáveis em animar e preparar os encontros de família para o advento e quaresma, além da festa do Divino Espírito Santo.

Hoje, conforme relato das próprias zeladoras, é muito difícil o trabalho missionário de zelar por um quarteirão e pela própria capelinha, pois muitos não querem mais receber a visita de Nossa Senhora, outros ficam dias e dias com a imagem em casa, outros não querem levar para os vizinhos por um motivo ou outro. Porém, o mesmo desafio que um dia levou Maria a visitar sua prima Isabel é o que anima a continuar este trabalho hoje em dia: deixar Deus visitar o seu povo através da visita domiciliar das capelinhas.

O próximo trabalho das zeladoras é ajudar a dinamizar os encontros de preparação para o advento assim que o tempo litúrgico se iniciar.

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo
imprensa@arquidiocesedepassofundo.com.br
Texto: Padre Mateus Danieli

Categoria: