Em honra à Nossa Senhora Aparecida

Romaria de Nossa Senhora Aparecida, que aconteceu neste domingo, reuniu quase 200 mil romeiros

Lágrimas nos olhos, flores nas mãos e um sorriso no rosto. Pode parecer contraditório falar de lágrimas e sorriso em uma mesma frase, mas não no caso de Nair Bolis de Castro, que mora em Passo Fundo e frequenta as Romarias há mais de dez anos. Enquanto o sorriso indica a felicidade e as flores uma espécie de presente a ser entregue, as lágrimas, para ela, são a expressão do agradecimento: “Eu me emociono só de pensar em Nossa Senhora Aparecida”. Nair, ao lado de quase 200 mil fiéis – número disponibilizado pela Brigada Militar - seguiu em procissão, neste domingo, 8, durante a 37ª Romaria de Nossa Senhora Aparecida que celebrou, neste ano, o lema “300 anos de bênçãos e de graças” – em sintonia com as celebrações que movimentam todo o país e buscam homenagear a santa que, há 300 anos, foi encontrada por pescadores no Rio Paraíba e tornou-se a padroeira do Brasil e, também, da Arquidiocese de Passo Fundo.

Pedir e agradecer
Os números disponibilizados apontam que esta foi se não a maior, uma das maiores romarias realizadas desde 1980, ano em que iniciou a procissão em Passo Fundo. Assim, Nair, apesar de ter caminhado sozinha, sabia que tinha, ao seu lado, companhia de quem, assim como ela, sabe que, apesar das dificuldades, é na gratidão à Nossa Senhora que encontra a sua força. “Me emociono de falar porque sempre que precisei ela esteve ao meu lado. Peço e agradeço porque ela me orienta”, comenta. Sem a companhia do filho, que está doente, Nair fez a Romaria, desta vez, pensando no filho e na sua saúde. “Hoje, a Romaria é mais para o meu filho do que para mim. E sei que ela me atenderá”, complementa. E, assim como ela, milhares de outros fiéis se dividiram, durante todo o dia, em pedidos e agradecimentos.

300 anos de bênçãos
Celebrada por dom Rodolfo Luís Weber, arcebispo metropolitano, a missa campal com a presença da imagem que peregrinou na Romaria, abordou, de forma reflexiva, os 300 anos do encontro de Nossa Senhora Aparecida e as bênçãos recebidas desde então. “São 300 anos de bênçãos de Nossa Senhora e bênção é sempre algo que dá vida e que traz paz pro coração. Nesses 300 anos, quantas orações foram feitas, quanta aproximação de Deus aconteceu! São 300 anos que Maria conduz as pessoas aos braços de Jesus.”, comentou, durante a homilia e acrescentou, ainda, que a imagem de Nossa Senhora é um sinal da presença de Deus. “A imagem de Maria que foi encontrada quebrada, teve que ser restaurada. E isso é reflexo do mundo, de uma sociedade, de pessoas também quebradas, divididas, fragmentadas. A restauração dessa imagem trouxe um tempo de esperança e alegria. Portanto, 300 anos atrás o Brasil teve um sinal em seu tempo. Nós, hoje, temos os nossos desafios. Que essa imagem restaurada traga esperança para o povo de Deus. Que nunca percamos a esperança! Que tenhamos os pés firmes na realidade, mas que nunca percamos a esperança!”, complementou.

Mostra de Ações Solidárias
Ainda, dentro da programação da Romaria, a Mostra de Ações Sociais Solidárias - atividade que acontece desde 2014 – foi a oportunidade de a comunidade conhecer os grupos e produtos que nascem a partir do conceito da economia solidária. “Esse espaço conquistado junto ao santuário se revela um importante momento de divulgação dos trabalhos sociais realizados, além de proporcionar uma diversidade de produtos ofertados aos romeiros, valorizando o trabalho das diferentes pastorais e organizações, trazendo presente grupos da agricultura familiar e produção orgânica, além de entidades que trabalham na defesa da vida. Reafirmamos que somos parte da Romaria arquidiocesana!”, coloca Franciel Bachi, um dos assessores da Cáritas.

Programação e avaliação
A programação da Romaria segue no dia 12 de outubro e, também, nos domingos seguintes. Também, a equipe de coordenação da Romaria disponibilizou um link para que os romeiros avaliem os serviços prestados. A avaliação pode ser acessada aqui: https://goo.gl/forms/VsFf39n45lKLNThU2.
 

PROGRAMAÇÃO
12 de outubro
08h00: missa das famílias
10h00: missa vocacional
14h00: Romaria das crianças
16h00: missa dos devotos

15 de outubro
Romaria dos Motociclistas | benção às 9h30min

- 22 de outubro
Romaria dos Ciclistas | benção às 9h30min

- 29 de outubro
 Romaria dos Cavaleiros | benção às 9h30min

- 12 de novembro | 16h
Ação de Graças aos voluntários e colaboradores em geral da Romaria

Sammara Garbelotto
Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo
imprensa@arquidiocesedepassofundo.com.br

Categoria: