Padres completam 50 anos dedicados ao sacerdócio

“O espírito do Senhor repousa sobre mim, porque Senhor consagrou-me pela unção; enviou-me a levar a boa nova aos humildes, curar os corações doloridos, anunciar aos cativos a redenção, e aos prisioneiros a liberdade; proclamar um ano de graças da parte do Senhor.” (Isaías 61, 1-2)

Dedicar a vida ao próximo a ao projeto de salvação. Esta é apenas uma das formas capazes de definir o que são cinco décadas dedicadas ao sacerdócio. Em julho, os padres Artêmio Foschiera, Nelson Tonello e Aldino Barth completam 50 anos de sua ordenação sacerdotal e comemoram a data com a certeza de que a missão é concretizada a cada nova ação pelas comunidades.

Artêmio Foschiera: atenção aos pobres
Nascido no dia 20 de fevereiro de 1940, em São Domingos do Sul, padre Artêmio Foschiera foi ordenado por dom Cláudio Colling no dia 8 de julho de 1967 na paróquia São Domingos em sua cidade natal. “O Espírito do senhor me enviou para evangelizar os pobres”, lema escolhido pelo sacerdote, revela a opção de estar junto aos menos favorecidos e, através da evangelização, guia-los por um caminho de intimidade com Deus. Desde a sua ordenação, padre Artêmio atuou nas cidades de Getúlio Vargas, Vila Maria, Carazinho – onde foi o primeiro pároco diocesano da paróquia São José -, Casca, São Valentim do Sul, União da Serra, Charrua, Victor Graeff, Vanini, David Canabarro, Ernestina e Tio Hugo e, também, nas paróquias Nossa Senhora de Fátima, São Judas Tadeu e São José Operário – onde atua, hoje, como vigário paroquial. Também atuou como professor no Seminário Sagrado Coração de Jesus, em Tapera e no Seminário Diocesano Nossa Senhora Aparecida, em Passo Fundo. A comemoração dos 50 anos dedicados à vida sacerdotal acontece no dia 9 de julho às 10h, com uma Celebração Eucarística e Almoço Festivo em São Domingos do Sul.

Nelson Tonello: inspiração em Maria
Natural de Ipiranga do Sul, padre Nelson Tonello tem, no seu lema sacerdotal, a inspiração na doação e na servidão de Maria: "Faça-se em mim segundo a Tua Palavra". O trecho, retirado do Evangelho de Lucas, revela um forte desejo pela orientação divina. E é justamente isso que vem se concretizando na vida e na vocação do padre Nelson que desde criança tinha o desejo pelo presbitério, a partir do exemplo do tio, Cônego Gregório. Desde a sua ordenação, em 9 de julho de 1967, o padre já atuou nas paróquiasNossa Senhora Aparecida, São José, São Judas Tadeu, Nossa Senhora de Fátima, em Passo Fundo e, também, na paróquia Nossa Senhora da Glória, em Carazinho. Hoje, atua como pároco na paróquia Sagrado Coração de Jesus. Ainda, padre Nelson já dedicou sua vocação à missão na Igreja Irmã de Balsas, no Maranhão e, ainda, aos seminaristas, à catequese e à função de professor na Itepa Faculdades. A comemoração pelas cinco décadas dedicadas ao sacerdócio será no sábado, 8, na Capela Nossa Senhora da Salete, em Ipiranga do Sul. Às 10h acontece uma Missa em Ação de Graças e ao meio dia será feito um almoço de confraternização. 

Aldino Barth: o desejo pelo sacerdócio
“Tu és sacerdote para sempre”. A frase, retirada do Livro de Hebreus e escolhida como lema de ordenação do padre Aldino, revela o desejo e o anseio pela vocação. Ordenado no dia 15 de julho de 1967, na paróquia São Tiago, em Selbach – sua cidade natal -, padre Aldino é o terceiro de doze irmãos – inclusive os padres Ivo e Adalíbio Barth que atuam em Colorado e Ernestina. Desde a sua ordenação, atuou nas paróquias Nosso Senhor Bom Jesus e Nossa Senhora de Fátima, em Carazinho – nesta última, inclusive, padre Aldino foi o primeiro pároco e ajudou na estruturação e construção da igreja matriz – e, também, na paróquia São Vicente de Paulo, em Passo Fundo. Hoje é pároco na paróquia Nossa Senhora da Saúde, em Vila Maria. Ainda, nesses 50 anos o sacerdote se dedicou aos movimentos do Cursilho de Cristandade e Curso de Liderança Juvenil (CLJ), atuou como Coordenador de Pastoral e também na Cáritas Arquidiocesana. Para comemorar o Jubileu de Ouro, padre Aldino fará uma missa e um almoço celebrativo no dia 9 de julho, às 10h, em Vila Maria. Também, o padre irá comemorar em Selbach, no dia 15 do mesmo mês.

Sammara Garbelotto
Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo
imprensa@arquidiocesedepassofundo.com.br

Categoria: