Opção pelos pobres: Santo Antônio é celebrado neste final de semana

Festa em honra ao padroeiro, em Passo Fundo, será realizada neste domingo no bairro Petrópolis

“Santo Antônio: nos fortaleça na fraternidade e preservação da vida” é o lema escolhido pela paróquia Santo Antônio, em Passo Fundo, para celebrar a vida do padroeiro. A tradicional festa, que, neste ano, acontece no domingo, 11, e está em sintonia com a Campanha da Fraternidade 2017, vai reunir a comunidade em oração e partilha em torno do testemunho de vida do santo que dedicou a vida para defender humildes, a vida matrimonial e as famílias.

O santo dos pobres
Conhecido por ser o santo casamenteiro, a história de Santo Antônio – celebrado sempre no dia 13 de junho - vai além da fama. “Ele é conhecido assim porque ajudava mulheres a encontrar bons maridos e porque orientava e aconselhava casais. O que poucas pessoas sabem, no entanto, é que Santo Antônio é, de fato, o padroeiro dos pobres e dos mais fragilizados. Ele tinha essa opção de ajudar aqueles que mais necessitavam”, explica o padre Ladir Casagrande, pároco da paróquia Santo Antônio, no bairro Petrópolis.

Exemplo de vida
A dedicação de Santo Antônio à causa dos pobres motiva, também, as comunidades a se reunirem em torno do testemunho de vida do santo. Para o padre Ladir, a festa em honra ao padroeiro se torna um momento de exprimir a fé naquele que, em vida, soube olhar para o próximo com compaixão. “Santo Antônio é grande motivador das comunidades. Há pessoas devotas em todos os lugares e que expõem a sua crença de diferentes maneiras. No domingo, vamos celebrar todos juntos”, coloca e explica, ainda, que a festa vem sendo preparada desde maio quando a imagem do padroeiro iniciou a peregrinação pelas 10 comunidades que pertencem à matriz.

Comunidade de comunidades
A proposta, segundo o pároco, é de reunir todas as comunidades em torno da presença do santo. Por isso, no domingo, a tradicional procissão da imagem de Santo Antônio não vai acontecer. Em seu lugar, cada uma das dez comunidades sairá em procissão a partir de suas capelas com as imagens de seus padroeiros em direção à matriz. “As comunidades vêm até a matriz para este momento de encontro e confraternização. Queremos mostrar que a paróquia é uma comunidade de comunidades que quer continuar fazendo o seu processo evangelizador com a ajuda de seus padroeiros guiados por Santo Antônio”, comenta.

Programação
Assim, a partir das 9h45 a paróquia Santo Antônio começa a receber cada uma das dez comunidades com seus padroeiros. Às 10h será celebrada a missa festiva e, depois, às 12h será servido o almoço. Na parte da tarde será realizada uma reunião dançante e sorteio da rifa. Durante todo o dia, serão distribuídos cerca de 1500 pãezinhos – tradicional símbolo do padroeiro. Os fiéis que desejam colaborar e doar pães, a paróquia pede que entre em contato através do telefone 54 3311 5899.

Na Arquidiocese de Passo Fundo, as cidades de Guaporé, União da Serra, Água Santa, Santo Antônio do Palma, Camargo e Gentil também têm paróquias dedicadas à Santo Antônio e celebram a vida do padroeiro.

Sammara Garbelotto
Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo
imprensa@arquidiocesedepassofundo.com.br

Categoria: