Um novo espaço para o cuidado

A Fundação Beneficente Lucas Araújo, que completou 89 anos no dia 14 de maio, se dedica na construção do bem estar e, em quase nove décadas de atividades, vem buscando a qualidade no atendimento às crianças, adolescentes e idosos atendidos. Essa busca acontece pela formação dos profissionais, no desenvolvimento de atividades especiais e na melhoria e ampliação dos espaços. Neste sentido, na tarde da última terça-feira, os idosos da Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) São João XXIII foram apresentados ao novo espaço de convivência, inaugurado na data. A solenidade contou com a presença da direção, coordenação e conselho da entidade e, também, de autoridades públicas, amigos, parceiros e familiares dos atendidos.

Uma história de cuidado, atenção e colaboração
Diariamente, a Fundação atende mais de 400 pessoas divididas nas Escolas de Educação Infantil Menino Deus e João Busato, Lar da Menina Pe. Paulo Farina e ILPI São José e São João XXIII. O trabalho conta com formação, cuidados com a saúde, oficinas e lazer. Para colocar tudo em prática, a entidade conta com a dedicação dos funcionários e colaboradores e a ajuda de parceiros.

Assim aconteceu, também, com a ampliação da sala de convivência dos idosos que só foi concretizada pela ajuda de muitas mãos. Para Luiz Costella, diretor da Fundação, a obra só foi possível graças ao empenho das pessoas que se dedicaram e acreditaram na proposta. “Foram muitos desafios superados para que essa obra fosse concluída. Contamos com o apoio da comunidade, dos funcionários, de empresas que nos deram material, descontos, valores e mão de obra e também da Promotoria, que nos possibilitou vender alguns terrenos para obter recursos, sem prejudicar os demais atendimentos. Tudo isso é trabalho coletivo. Hoje, só temos que agradecer”, destacou.

Carinho e respeito
Emocionada, a coordenadora da ILPI, Irmã Carmela Casanova, ressaltou a importância da nova sala para o atendimento aos idosos. Para ela, o novo local, além de trazer mais conforto, é, também, uma forma de demonstrar o carinho e o respeito pelos idosos. “Hoje estamos vivendo a realização de um sonho. Esse espaço era um desejo muito antigo. Agora, muito além do conforto, podemos oferecer para eles mais carinho, atenção e qualidade de vida. É isso que buscamos todos os dias aqui. Que eles vivam bem”, disse.

Presidente do Conselho Curador da Fundação, dom Rodolfo Luís Weber, arcebispo da Arquidiocese de Passo Fundo, fez a benção do espaço. Em sua fala, destacou a importância do cuidado com a vida nas suas mais variadas fases. “Sempre que o ser humano está à frente dos projetos, ele tem a benção de Deus. O cuidado com a vida é um desafio, mas também uma graça”, frisou. Para Cristiane Cardoso, Promotora de Fundações do Ministério Público, a entidade cumpre seu papel com louvor, buscando a melhoria nos atendimentos e a dignidade para quem precisa dos serviços. “Há 10 anos eu acompanho a Fundação. Vejo o carinho, o respeito, o amor e a doação de todos os envolvidos. Neste momento, só podemos desejar que mais sonhos sejam realizados”, colocou.

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo
imprensa@arquidiocesedepassofundo.com.br
Fonte: Comunicação Fundação Lucas Araújo

Categoria: