Paróquia de São Valentim do Sul acolhe padre Ludgero Mafra

O último domingo, 13 de março, marcou a despedida do padre Guerino Piccini e a acolhida do padre Ludgero Mafra na paróquia São Valentim, de São Valentim do Sul. Presidida por dom Rodolfo Weber, a Missa contou com a presença da comunidade local e de uma caravana de Tapejara, local onde padre Ludgero trabalhou até o último ano.

Na homilia, refletindo a liturgia do dia – a parábola da mulher adúltera – o arcebispo lembrou diversas situações de ausência de vida, entre elas a dos presidiários. “Como sociedade não podemos ser tão simplórios em condenar. É muito fácil atirar a pedra no outro e esconder a mão”, afirmou.

Durante a celebração, o novo pároco recebeu a Bíblia, a chave do sacrário e da Igreja, o óleo batismal e a estola sacerdotal roxa, que representa a missão do padre em relação ao sacramento da penitência, especialmente neste tempo da quaresma. Além disso, proferiu a renovação das promessas sacerdotais e o juramento de fidelidade.

Na ocasião, o padre Guerino fez um breve relatório dos 13 anos em que trabalhou como pároco de São Valentim, ressaltando os trabalhos pastorais, as reformas e construções e os desafios pastorais existentes no local. Já padre Ludgero reforçou o desejo de caminhar ao lado da comunidade e de servir como pároco dando tudo o que tem de melhor.

A posse do novo pároco foi coroada com a festa na comunidade São José, que na mesma data celebrava o seu padroeiro.

Victória Holzbach
Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo
imprensa@arquidiocesedepassofundo.com.br

Categoria: