Artigos Semanais de Dom Rodolfo Luís Weber

O arcebispo metropolitano de Passo Fundo, dom Rodolfo Luis Weber, escreve semanalmente artigos de opinião sobre temas diversos e latentes em nossa sociedade.

Confira a seguir o texto dessa semana e, abaixo, os artigos anteriores. 

No final desta página você também pode ouvir o áudio com a mensagem de dom Rodolfo.

Ser padre

No mês de agosto, a Igreja Católica propõe aos seus fiéis o tema da vocação. O assunto pode ser abordado sob diversos pontos de vista. A vocação se identifica com a própria realidade da pessoa: a constitui e a define. Podemos dizer que é o resultado de chamado e de resposta. Os carismas, os dons, as vocações ocorrem para a utilidade comum dos homens que vivem na terra.

 Para o pensamento cristão está claro que quem chama é Deus. Só Ele pode entrar na vida do homem com sua voz imperiosa; só Ele pode propor a alguém um destino que toca toda sua vida. As formas de chamado são múltiplas e, normalmente, não tem anda de extraordinário. Entre os caminhos que despertam as opções vocacionais destacamos: a) A voz do sangue, isto é, a tendência instintiva, o desejo íntimo e profundo que impele para um modo de ser e estar; b) O ambiente em que a pessoa vive; c) o momento histórico e suas necessidades.

A primeira semana do mês é dedicada a vocação ao sacerdócio, ao ser padre. Se formos ouvir a história pessoal de cada padre, a maioria, certamente vai relatar que o despertar, o discernimento e finalmente a opção realizada foi conforme os passos acima apontados. Minha história vocacional enquadra-se aí.

A escolha vocacional não se situa entre uma mais fácil e outra mais difícil. Talvez o foco deva ser colocado mais entre vocação falsa e vocação autêntica. Desafios são comuns em todas as opções, por isso as mais autênticas são aquelas escolhas feitas e mantidas em meio a desafios. Toda opção vocacional exige renúncias. Escolher é descartar outras possibilidades. As renúncias são mais numerosas que as escolhas. Uma opção é positiva quando a escolha do caminho foi feita livremente. Neste ambiente situa-se o discernimento vocacional de um padre. A escolha livre o conduziu a um modo de viver, ao exercício de determinadas atividades. Na escolha renunciou a outras possibilidades.

O padre é alguém que segue os passos do mestre Jesus Cristo. Respondeu ao convite “vem e segue-me”. Seguir Jesus Cristo pressupõe a fé e a comunhão com o seu projeto, denominado de Reino de Deus. O seguimento gera responsabilidades para o padre que são sintetizadas em três grandes áreas. A primeira e a fundamental é anunciar o Evangelho, despertando a fé e o seguimento de Jesus Cristo e a formação da Igreja. A segunda é santificar o Povo de Deus. O padre é um homem ligado ao sagrado. Munido pelo poder recebido no sacramento da Ordem, ele torna-se ministro e servidor das coisas que se referem a Deus para o bem das pessoas. E a terceira missão do padre é conduzir e orientar a comunidade eclesial. Agregar as pessoas, fortalecendo-as e animando-as na vivência cristã. A realização vocacional do padre ocorre na abertura para os outros, no exercício daquilo que lhe é próprio.

Ser padre é uma construção cotidiana que é feita na intimidade com Deus, na comunhão com a Igreja e no exercício ministerial. O padre passa a vida inteira, cotidianamente, respondendo ao chamado e reafirmando a escolha radical feita num momento de sua vida.

Dom Rodolfo Luís Weber
Arcebispo de Passo Fundo
04 de agosto de 2017

Artigos Anteriores:
CASA COMUM, NOSSA RESPONSABILIDADE - 12 de fevereiro de 2016

EU CUIDO, TU CUIDAS, NÓS CUIDAMOS, ELES CUIDAM DA CASA COMUM - 19 de fevereiro de 2016

VAMOS OLHAR A NOSSA CASA COMUM - 26 de fevereiro

A FÉ ME FAZ CUIDAR DA CASA COMUM - 04 de março

ESCOLHA A VIDA - 11 de março

VIVER A CAMPANHA DA FRATERNIDADE - 18 de março

O MISTÉRIO PASCAL - 25 de março

EM TEMPOS DE CRISE - 1º de abril

54ª ASSEMBLEIA GERAL DA CNBB - 8 de abril

CRISTÃOS LEIGOS: SAL DA TERRA E LUZ DO MUNDO - 15 de abril

O USO DO NOME DE DEUS - 22 de abril

A DIGNIDADE DO TRABALHO HUMANO - 29 de abril

MÃE - 06 de maio

É TEMPO DE ENTENDIMENTO - 13 de maio

PADRE EDUARDO PEGORARO, DESCANSE EM PAZ! - 20 de maio

VIVER COM ARTE - 27 de maio

ESTUPRAR É VIOLAR A DIGNIDADE HUMANA - 03 de junho

EU ERA MIGRANTE E ME ACOLHESTE - 10 de junho

CONSTRUIR A CIVILIZAÇÃO DO AMOR - 17 de junho

COMUNICAR BOAS NOTICIAS - 24 de junho

PAPA FRANCISCO - 1º de julho

OLIMPIADAS E O COTIDIANO - 08 de julho

NO TRANSITO - 15 de julho

TRABALHADOR RURAL - 22 de julho

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE - 29 DE JULHO

A VIDA É VOCAÇÃO - 05 DE AGOSTO

LEMBRANÇAS DO PAI - 12 DE AGOSTO

ELEIÇÕES MUNICIPAIS - 19 DE AGOSTO

MUNICÍPIO: LUGAR DE CONVIVÊNCIA FRATERNA

PÁTRIA AMADA, BRASIL! - 02 DE SETEMBRO

A PALAVRA - 09 DE SETEMBRO

SEMANA FARROUPILHA - 16 DE SETEMBRO

PRIMAVERA: A VIDA QUE RENASCE - 23 DE SETEMBRO

PASTORAL CARCERÁRIA - 30 DE SETEMBRO

36ª ROMARIA DE NOSSA SENHORA APARECIDA - 07 DE OUTUBRO

HOMENAGEM AO PROFESSOR - 14 DE OUTUBRO

ROMARIA - 21 DE OUTUBRO

FINADOS - 28 DE OUTUBRO

CREMAÇÃO E CONSERVAÇÃO DAS CINZAS - 4 DE NOVEMBRO

INTOLERÂNCIA RELIGIOSA - 11 DE NOVEMBRO

JUBILEU DA MISERICÓRDIA - 18 DE NOVEMBRO

O NATAL E SEUS SÍMBOLOS - 25 DE NOVEMBRO

O NATAL E SEUS SÍMBOLOS II - 02 DE DEZEMBRO

O NATAL E SEUS SÍMBOLOS III - 09 DE DEZEMBRO

O NATAL E SEUS SÍMBOLOS IV - 16 DE DEZEMBRO

A NÃO VIOLÊNCIA - 06 DE JANEIRO

PRISÕES - 13 DE JANEIRO

VALORES - 20 DE JANEIRO

QUAIS SÃO MEUS VALORES - 27 DE JANEIRO

TER O VALOR DE CALAR E DE FALAR - 03 DE FEVEREIRO

TER O VALOR DE SER JUSTO - 10 DE FEVEREIRO

A DESTINAÇÃO UNIVERSAL DOS BENS - 17 DE FEVEREIRO

40ª ROMARIA DA TERRA - 24 DE FEVEREIRO

QUARESMA: TEMPO PARA SAIR DA ROTINA - 03 DE MARÇO

FRATERNIDADE: BIOMAS E DEFESA DA VIDA - 10 DE MARÇO

NOSSOS BIOMAS GAÚCHOS - 17 DE MARÇO

CULTIVAR E GUARDAR A CRIAÇÃO - 24 DE MARÇO

CONVERSÃO ECOLÓGICA - 31 DE MARÇO

CARNE FRACA E SEMANA SANTA - 07 DE ABRIL

SEMANA DOS POVOS INDÍGENAS - 14 DE ABRIL

TRABALHO: CHAVE DA QUESTÃO SOCIAL - 27 DE ABRIL

CNBB - 05 DE MAIO

DIA DAS MÃES - 12 DE MAIO

"A VERDADE VOS TORNARÁ LIVRES"

"A GENTE DÁ UM JEITO" - 02 DE JUNHO

CORPUS CHRISTI - 09 DE JUNHO

BELOS TAPETES E BELOS GESTOS DE SOLIDARIEDADE - 16 DE JUNHO

SEMANA DO MIGRANTE - 23 DE JUNHO

O PAPA - 30 DE JUNHO

VIVER O PRESENTE - 07 DE JULHO

SEMEAR PARA COLHER - 14 DE JULHO

O TRIGO E O JOIO - 21 DE JULHO

DIA DOS AVÓS - 28 DE JULHO