Arquidiocese de Passo Fundo
 
 
Notícias da Igreja
 
23.Abr - Seminário fortalece papel da Ação Social da Igreja Arquidiocesana
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -

Mais de 50 pessoas das pastorais, obras sociais e organizações participaram no último sábado, 18 de abril, do Seminário da Ação Social da Igreja Arquidiocesana de Passo Fundo. O encontro, que integra a proposta do Ano do Cuidado com a Vida, proporcionou aos participantes compartilharem as alegrias, os desafios, as conquistas e as atividades da missão que realizam.



Um painel ainda no início apresentou o trabalho das pastorais da Criança, da Saúde, Carcerária, da Pessoa Idosa e de mais de 19 obras sociais e organizações presentes na arquidiocese.



A assessoria ficou a cargo do frei José Bernardi OFMcap, diretor da Escola Superior de Teologia Franciscana (ESTEF) e secretário executivo nacional da Pastoral da Aids. Frei José trabalhou com os agentes a missão da pastoral social a partir da Palavra de Deus e do Ensino Social da Igreja.



Na ocasião, o religioso lembrou que a realidade nos convoca e nos desinstala. Por isso quando um agente vai aos lugares onde a vida está mais ameaçada, não é ele simplesmente, mas é a própria Igreja que está indo. Neste sentido, frei José reforçou a necessidade de valorizar e apoiar o agente de pastoral. Segundo ele, “precisamos sair do nosso gueto, formar parcerias com o poder público, inserir-se nos espaço de participação e decisão da comunidade”, como por exemplo, os conselhos paritários. Outro fator importante é a comunicação. “Precisamos comunicar nossos serviços, nossas ações, não para aparecer, mas para prestar contas à sociedade da nossa missão”, afirmou. “O simples fato de pertencermos a Igreja não nos dá um selo de qualidade” concluiu, porque o serviço prestado pela Igreja é diferente, é por causa do Evangelho.



Com as passagens bíblicas do homem assaltado (Lc 10, 25-37) e do lava pés (Jo 13, 4-17), o assessor destacou a papel da Igreja e do agente. Nos dois episódios, o que gerou a mudança de atitude foi a proximidade. Portanto, o chamado é para a proximidade, colocar-se no lugar do outro, sentir compaixão. Ao final do encontro foram apresentados alguns trechos do Documento de Aparecida e da Encíclica Alegria do Evangelho, do Papa Francisco. Os dois documentos apontam a necessidade de uma Igreja em saída, próxima da realidade e acima de tudo, servidora.



Como compromisso do encontro para a caminhada do ano, os participantes assumiram a missão de realizar formações internas sobre as provocações levantadas pelo assessor.



Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo

imprensa@arquidiocesedepassofundo.com.br

Colaboração: Junior Centenaro



Indique a um amigo
 
CONTATO
Cúria Metropolitana
Rua Coronel Chicuta, 436 - 4º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9240

Centro de Pastoral
Rua Coronel Chicuta, 436 - 2º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9204
 
 
 

Copyright @ 2019 - Arquidiocese de Passo Fundo. Todos os direitos reservados.