Arquidiocese de Passo Fundo
 
 
Notícias da Igreja
 
16.Jan - Para servir: Padre Bento é acolhido pela Arquidiocese
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Para servir: Padre Bento é acolhido pela Arquidiocese

O jovem, que foi ordenado padre na última sexta-feira, 13, agradeceu o apoio e pediu orações pela sua caminhada vocacional





Eis que estou no meio de vós como aquele que serve”. A busca pela vivência da doação e do serviço, expressa pelo lema escolhido por Wilton dos Santos Bento, foi reafirmada na noite de sexta-feira, 13, quando deu mais um passo em sua caminhada vocacional: o jovem foi ordenado padre, na Catedral Nossa Senhora Aparecida, em Passo Fundo e, na presença dos familiares, amigos, formadores e sacerdotes, confirmou o desejo pelo seguimento da vocação.



Presidida por dom Rodolfo Luís Weber, arcebispo metropolitano, a celebração retomou o lema escolhido pelo novo padre. “O seguimento do Senhor, o chamado que Ele fez, é uma missão e isso é motivo de alegria. Conhecer Jesus é, sempre, fonte de felicidade. Não somos nós que escolhemos, mas o Senhor quem nos escolhe”, iniciou o arcebispo que comentou, ainda, sobre o lema escolhido pelo padre Bento. “O serviço é essencial no ministério. Felizes os que servem o Senhor! As pessoas marcadas pela dimensão do serviço são necessárias em toda a história. O modelo, no ministério, não são os outros, mas o próprio serviço que foi ensinado pelo Cristo. Quando temos Cristo como referência, fazemos o que precisamos com alegria”, completou.



Além das palavras de dom Rodolfo, Bento, que é cearense, nasceu em Jaguaribe e foi criado em meio à religião, vivenciou, durante o rito de ordenação, a experiência da doação, do serviço e do comprometimento. O novo padre foi ungido pelo arcebispo, professou seus compromissos e foi revestido pela túnica e estola sacerdotal. Ainda, os padres presentes na celebração também receberam com alegria o novo irmão, abençoando-o pela imposição das mãos e acolhendo-o com um fraterno abraço.  Em sua fala, Bento agradeceu o apoio recebido ao longo da caminhada vocacional e motivou, também, o surgimento de novas vocações. “Se fosse para fazer tudo de novo, eu faria tudo com muito carinho. Quando Deus nos chama, devemos dar a resposta ao chamado de Deus. Não tenha medo de dizer o seu sim a Deus. A Igreja precisa de novos padres”, iniciou.



Bento complementou ressaltando que a ordenação é resultado de um longo processo de amadurecimento vocacional. “Assumo a missão de ser padre para evangelizar em favor de Cristo. Quero ser padre para ser testemunho do povo. O projeto de Deus está em primeiro lugar na caminhada e no ministério. O povo é seta que aponta o caminho do Reino de Deus. Aprendi muito com as crianças, com os jovens e com as famílias que me acolheram em sua casa. Tenho certeza que junto com o povo de Deus, como discípulo missionário, posso fazer um bom trabalho e que Deus me ajude a viver esse lema: Eis que estou no meio de vós, como aquele que serve.”, concluiu o jovem que trabalhará na paróquia Nossa Senhora da Saúde, em Tapejara.



Sammara Garbelotto

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo

imprensa@arquidiocesedepassofundo.com.br



Indique a um amigo
 
CONTATO
Cúria Metropolitana
Rua Coronel Chicuta, 436 - 4º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9240

Centro de Pastoral
Rua Coronel Chicuta, 436 - 2º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9204
 
 
 

Copyright @ 2019 - Arquidiocese de Passo Fundo. Todos os direitos reservados.