Arquidiocese de Passo Fundo
 
 
Notícias da Igreja
 
Relacionadas
 
27.Jul - Papa Francisco celebra missa para mais de quatro mil religiosos e padres
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Papa Francisco celebra missa para mais de quatro mil religiosos e padres

O Papa Francisco celebrou uma Missa fechada na manhã deste sábado, 27, para cerca de 700 bispos, 3.200 padres e diáconos, 400 religiosas e 500 seminaristas. Em sua homilia, o Santo Padre destacou três aspectos essenciais para a vivência da vocação de pastorear o rebanho de Cristo: chamados por Deus, chamados a anunciar o evangelho e chamados a promover a cultura do encontro.



De acordo com o Pontífice, os sacerdotes e religiosos precisam sempre renovar o primeiro amor. A vocação também, segundo ele, exige um sair de si e colocar-se a serviço do outro, especialmente os de longe, os que não costumam ir a Missa. “Esses são convidados VIPs”, disse. E ainda, é preciso que tenham a coragem de ir contra ao que ele chamou de cultura eficientista e do descarte.



No contexto da Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio2013), o Papa Francisco disse: “nosso compromisso de pastores é ajuda-los a serem discípulos e missionários de Cristo. Ajudemos os jovens. Necessitam ser escutados”. E completou, “Paciência de escutar, isso vos peço de todo coração”.



O Sumo Pontífice foi acolhido com muito entusiasmo pelos religiosos. Um grupo de sacerdotes chegou a puxar o grito “Este é o clero do Papa”, semelhante ao grito dos jovens da JMJ. A Missa foi celebrada às 9h na Catedral Metropolitana. Mas, apesar da entrada restrita com a apresentação de convites, os religiosos chegaram cedo.



Ordens religiosas



Os sacerdotes da Ordem das Mercês foram os primeiros a chegar à Igreja. Na fila de entrada desde às 3h30, eles contaram que o sacrifício valia a pena para estar próximo ao Sumo Pontífice. “Por ter muita gente, vale a pena chegar muito cedo”, disse padre Ramón Villagrán.



O padre argentino Roberto Gonzalez teve a graça de abraçar o Papa Francisco logo que ele chegou na Catedral. Quando ainda cardeal Bergogglio, o Pontífice era o bispo do sacerdote. Essa foi a primeira vez que pe. Gonzalez se aproximou do Papa depois de sua eleição. “Ele me perguntou algo pessoal e me disse força, segue até o final”, contou emocionado.



Religiosas enclausuradas também participaram da cerimônia. Foi o caso das carmelitas do Convento de Santa Teresa. Segundo Ir. Fabiana Maria, sete das 12 irmãs do convento foram participar da Eucaristia. O convite foi feito pelo próprio arcebispo do Rio e presidente do Comitê Organizador Local (COL) da JMJ, Dom Orani João Tempesta.



Para o seminarista Bruno Mateus foi providencia de Deus participar da celebração. O seminário de Olinda, Recife, com cerca de 60 seminaristas só enviou 5 jovens para a Missa do Papa. Os nomes foram escolhidos por sorteio e o dele foi o ultimo a sair.



FONTE: rio2013.com



Indique a um amigo
 
CONTATO
Cúria Metropolitana
Rua Coronel Chicuta, 436 - 4º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9240

Centro de Pastoral
Rua Coronel Chicuta, 436 - 2º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9204
 
 
 

Copyright @ 2020 - Arquidiocese de Passo Fundo. Todos os direitos reservados.