Arquidiocese de Passo Fundo
 
 
Notícias da Igreja
 
Relacionadas
 
31.Out - Cáritas debate extermínio da juventude em reunião com coordenadores paroquiais
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -

Na perspectiva de sensibilizar seus agentes e celebrar a caminhada percorrida pelas equipes durante este ano, a Cáritas Arquidiocesana de Passo Fundo realizou nesta terça-feira, 29 de outubro, o último encontro de animadores e coordenadores paroquiais de 2013.



Dando continuidade à proposta de formação, mobilização e motivação dos voluntários, a entidade debateu na ocasião a violência e o extermínio de jovens. Para auxiliar no estudo, o grupo contou com o apoio do jovem Matheus Fernandes da Silva, coordenador nacional da Pastoral da Juventude.



A partir de uma análise da realidade e de dados que apresentam índices assustadores de assassinatos de jovens em todo o Brasil, ele apresentou a Campanha Nacional Contra a Violência e o Extermínio de Jovens, promovida pela Pastoral da Juventude do Brasil em parceria com a Cáritas Brasileira e outras entidades. Segundo Matheus, “a campanha objetiva a conscientização da sociedade no combate a violência e extermínio de jovens, fiscalizando e propondo ações para que os direitos das juventudes não sejam violados”.



Pesquisas realizadas no Brasil apontam o número assustador de 54 jovens assassinados por dia no país. Se considerarmos que este dado não inclui mortes causadas em acidentes de trânsito, outro grande disseminador de vidas juvenis, compreenderemos porque se falar de um verdadeiro extermínio de jovens. “Não podemos aceitar estes dados! É preciso assumir o compromisso da luta a favor da vida da juventude”, ressalta Matheus. “Não podemos permitir que tantos jovens percam suas vidas e seus sonhos com tanta violência. Por isso é necessário darmos as mãos e, unidos, fazermos a diferença lutando por outro mundo possível, trabalho este já desenvolvido pela Cáritas”, finaliza.



Como sinal concreto do compromisso assumido a favor da vida, os participantes do encontro confeccionaram uma faixa com mãos vermelhas.



Ir. Joana Cuminiki, articuladora da Cáritas em Sarandi comenta: “Esta discussão vem muito ao encontro da realidade que vivemos hoje, seja ela social ou política. É um desafio olhar por trás das manifestações sociais juvenis e perceber o que elas podem nos revelar”. Já Orcinda Formighieri, do bairro Vera Cruz, em Passo Fundo, analisa que falar sobre jovens é “esperar que os sonhos não se percam”. Para ela, precisamos lutar para que os jovens alcancem seus objetivos sem serem interrompidos por nenhum tipo de violência.



Como sinal concreto do compromisso assumido em favor da vida, os participantes do encontro confeccionaram uma faixa com mãos vermelhas que suplicam pelo fim da violência e extermínio de jovens. Entre representantes das Cáritas Paroquiais, voluntários, coordenadores de grupos e a equipe da Cáritas Arquidiocesana, cerca de 30 pessoas participaram do encontro, realizado na sede da entidade.



Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo

imprensa@arquidiocesedepassofundo.com.br

Fonte: Assessoria de Comunicação da Cáritas Arquidiocesana de Passo Fundo

www.caritaspf.com.br



Indique a um amigo
 
CONTATO
Cúria Metropolitana
Rua Coronel Chicuta, 436 - 4º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9240

Centro de Pastoral
Rua Coronel Chicuta, 436 - 2º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9204
 
 
 

Copyright @ 2020 - Arquidiocese de Passo Fundo. Todos os direitos reservados.