Arquidiocese de Passo Fundo
 
 
Notícias da Igreja
 
Relacionadas
 
14.Jun - 85ª Caravana da Anistia homenageia agricultores da Encruzilhada Natalino
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
85ª Caravana da Anistia homenageia agricultores da Encruzilhada Natalino

Para que não se esqueça

Para que nunca mais aconteça



O salão paroquial de Ronda Alta ficou repleto de pessoas na sexta-feira, 13, que acolheram a 85ª Caravana da Anistia. A atividade percorre o Brasil inteiro na intenção de pedir desculpas publicamente pelos crimes da ditadura militar aos perseguidos e torturados. Em Ronda Alta, a Caravana se remeteu de forma especial aos agricultores e agricultoras sem terra que lutaram pela reforma agrária no início dos anos 80 na região.



Coordenada pela Comissão de Anistia do Ministério da Justiça e por diversas entidades parceiras na região – entre elas o Ifibe e a Arquidiocese de Passo Fundo, a atividade homenageou os acampados da Encruzilhada Natalino e apreciou especialmente os requerimentos de anistia do Padre Arnildo Fritzen, Angelin Antônio Campigotto, Zolmir Antônio Calegari, Inês Calegari, Ivete Vieira, Maria Salete Campigotto e Miguel Gonçalves Vieira, os quais foram acampados e protagonistas na luta pela terra e contra a ditadura.



Pe. Arnildo, que era pároco de Ronda Alta quando os agricultores iniciaram as principais mobilizações para a conquista da terra, hoje se tornou um ícone na região para os movimentos que ainda aguardam pela reforma agrária, especialmente pelo testemunho de resistência, coragem e doação em prol do bem do povo.



A abertura da sessão desta sexta-feira contou com a participação de diversas autoridades, entre elas o prefeito de Ronda Alta, Miguel Ângelo Gasparetto e o arcebispo de Passo Fundo, Dom Antonio Carlos Altieri.



Na ocasião, o prefeito ressaltou a importância de fazer memória da história vivida em Ronda Alta e o significado da presença de Pe. Arnildo nesta caminhada. “Quis a providência divina que ao baterem na porta de uma Igreja, fossem acolhidos por alguém que jurou servir a Deus, no cuidado com os outros”, afirmou Miguel Ângelo. Já Dom Altieri, realçou que “A Igreja sente as alegrias e angústias de seu povo”. Motivando que o amor seja o grande continuador da continuidade desta caminhada, o arcebispo alertou que esta repressão ainda é encontrada em muitos espaços atuais da sociedade.



A homenagem realizada pela 85ª Caravana da Anistia reafirmou o desejo de dar voz aqueles que a repressão tentou calar, reconhecendo a coragem empenhada em enfrentar o regime militar na luta pela garantia de direitos.




 



Victória Holzbach

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo

imprensa@arquidiocesedepassofundo.com.br



Indique a um amigo
 
CONTATO
Cúria Metropolitana
Rua Coronel Chicuta, 436 - 4º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9240

Centro de Pastoral
Rua Coronel Chicuta, 436 - 2º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9204
 
 
 

Copyright @ 2020 - Arquidiocese de Passo Fundo. Todos os direitos reservados.