Arquidiocese de Passo Fundo
 
 
Notícias da Igreja
 
11.Jun - 12ª Assembleia Regional da CNBB é realizada em São Leopoldo
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
12ª Assembleia Regional da CNBB é realizada em São Leopoldo

Aconteceu de 29 a 30 de maio de 2015, a 12ª Assembleia Regional da Ação Evangelizadora, no Centro de Espiritualidade Cristo Rei (CECREI), em São Leopoldo (RS). Participaram cerca de cem pessoas, entre bispos, padres, religiosos/as e leigos das 18 dioceses que compõem as quatro Províncias Eclesiásticas do Regional Sul 3.



Pela manhã (29), Dom Jaime Spengler, Presidente do Regional Sul 3, abriu a pauta das atividades apresentando ecos da 53ª Assembleia Geral da CNBB, ocorrida entre os dias 15 a 24 de abril de 2015, em Aparecida (SP), com os desdobramentos das novas Diretrizes, tendo presente a atuação dos leigos e desafios no Regional.



Na parte da tarde, os presentes foram divididos em grupos para estudar o “Direcionamento do Regional Sul 3 diante das urgências das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil”, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), com plenário e discussões.



O Coordenador de Pastoral da Diocese de Rio Grande, Pe. Rafael Pinto, salienta que “a Assembleia do Regional é sempre um momento de comunhão, de partilha, mas, sobretudo, de estratégia de trabalho em comum e celebrativo. Para mim é muito bom, mas ao mesmo tempo um grande desafio de alinhar as nossas experiências com o Regional e em nível da CNBB Nacional”, comentou.



Durante o dia 29, a Coordenação da Pascom/RS realizou um encontro para definição da agenda de formação e processo de elaboração de um projeto de comunicação para o Regional. Na ocasião, Dom Antônio Keller, Bispo da Diocese de Frederico Westphalen e Referencial da Comunicação, motivou a equipe na elaboração e entrega do projeto de comunicação para ser apreciado pelos bispos.



O sábado (30) foi dedicado para as adequações das novas Diretrizes aos planos em andamento no Regional Sul 3 com a definição de compromissos comuns através de cinco ações pastorais. Além disso, os presentes redigiram e aprovaram uma Mensagem de Apoio aos Trabalhadores e Trabalhadoras em solidariedade à população em defesa da dignidade da pessoa e do trabalho, dentro de um processo democrático e participativo, que na sequencia foi divulgada no site do Regional Sul 3.



Os trabalhos foram encerrados com a adequação das novas Diretrizes aos planos em andamento e compromissos comuns assumidos por todos, bem como apresentação do quadriênio com as datas das Assembleias e encontros dos Organismos e comunicações.



A consagrada, Iria Maria Urnau, do Instituto São Francisco de Salles e Coordenadora Regional dos Institutos, reside no Vicariato de Canoas, da Arquidiocese de Porto Alegre, explicitou a sua preocupação com a evangelização. “Já participo dos Organismos desde que faço parte da Coordenação dos Institutos e participar dessa Assembleia de 2015 é refletir um pouco mais sobre o que a CNBB Nacional pensa da Igreja atual, seus enfoques e como estamos atuando no meio da sociedade. O que me preocupa bastante e que precisamos nos empenhar é na evangelização nas famílias”, salientou.



Dom Adelar Baruffi, Bispo da Diocese de Cruz Alta e Referencial do Setor da Juventude, é a primeira vez que participa da Assembleia como bispo e destaca dois aspectos importantes. “É a minha primeira participação como bispo na Assembleia e destaco o aspecto de caminhamos juntos na ação evangelizadora que acontece nas pequenas comunidades, nas nossas paróquias e dioceses, sobretudo, uma ação conjunta que nós caminhamos juntos pelas diretrizes que nos orientam. Por isso vejo o quanto é importante caminharmos juntos e sabermos para onde caminhamos. As Diretrizes apontam e orientam o caminho e nos dão um foco. O segundo aspecto é o convívio, é o estar junto e saber que não somos cristãos sozinhos”, reiterou Baruffi.



De acordo com a leiga, Geneci Scartezini, Coordenadora do Curso de Teologia Popular, da Diocese Santa Cruz do Sul, “Para mim participar da Assembleia me arde o coração, algo que queima. Estou levando uma bagagem imensa de conhecimentos. O meu desejo é chegar lá na diocese e avançar na evangelização e transmitir tudo o que vivi”, destacou.



Para finalizar, Dom Jaime Spengler, relata sua experiência de presidir pela primeira vez uma assembleia do Regional. “É uma experiência interessante e desafiadora. Interessante por ver a realidade do nosso Regional Sul 3. Desafiadora pela complexidade que significa dirigir e acompanhar os trabalhos de uma assembleia. Creio que nestes dois dias nós conseguimos trabalhar bastante bem. Penso que os trabalhos estão bem encaminhados. Mas estamos buscando encontrar algumas linhas de ação a partir das urgências que as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora no Brasil nos propõem para a nossa realidade gaúcha. Para finalizar nossa assembleia estamos no trabalho de encontrar algumas estratégias que nos ajude na aplicação das linhas de ação que assumimos para o nosso Regional”, concluiu Spengler.



Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo

imprensa@arquidiocesedepassofundo.com.br

Fonte: Judinei Vanzeto | CNBB Sul 3



Indique a um amigo
 
CONTATO
Cúria Metropolitana
Rua Coronel Chicuta, 436 - 4º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9240

Centro de Pastoral
Rua Coronel Chicuta, 436 - 2º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9204
 
 
 

Copyright @ 2019 - Arquidiocese de Passo Fundo. Todos os direitos reservados.