Arquidiocese de Passo Fundo
 
 
CNBB | Sul 3
 
08.Nov - Observatório de Bioética inicia atividades no Rio Grande do Sul
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Observatório de Bioética inicia atividades no Rio Grande do Sul

Lançamento aconteceu na noite desta quarta-feira e envolveu as arquidioceses e dioceses do estado e, ainda, as instituições de ensino envolvidas no projeto

 

Com o objetivo de pensar a vida, a partir da perspectiva bioética, desde o seu início até o seu final, foi lançado, na noite desta quarta-feira, 07, na Casa de Retiros, em Passo Fundo, o Observatório de Bioética - uma rede multidisciplinar, envolvendo a Igreja Católica do Rio Grande do Sul e outras entidades educacionais. A iniciativa é do Regional Sul 3 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)  e mais oito instituições parceiras de Ensino Superior. “A ideia do Observatório é fornecer vários olhares a respeito da vida. Não queremos determinar nada, queremos observar para conhecer melhor a vida”, destacou o dom dom Ricardo Hoepers, bispo da Diocese de Rio Grande, idealizador do Observatório e doutor em Bioética pela Academia Alfonsiana, de Roma. “Que esses diversos olhares sejam colocados na mesa para respondermos melhor à realidade da vida que é múltipla”, completou.

 

Reflexão a respeito da vida
Além de apresentar a proposta do Observatório – que é pioneiro no país e se constitui em uma oportunidade de aproximar a Igreja Católica do campo da ciência – a atividade envolveu a comunidade em uma mesa redonda com o tema “Os desafios da Bioética na Igreja e no mundo”, com o Prof. Dr. Mário Antonio Sanches (PUCPR), Prof. Dr. Ir. Marcelo Bonhemberger (PUCRS) e Prof. Dra. Marilene Rodrigues Portella (UPF).

 

Mediada pelo Prof. Dr. Diego Carlos Zanella, a mesa redonda abordou conceitos de bioética, como ele se relaciona com a Igreja, como já foi abordada pelas encíclicas e documentos papais e, mais especificamente, a questão do envelhecimento humano e fim da vida – foco das pesquisas do polo de Passo Fundo. “O nosso desafio é criar uma leitura mais ampla da vida, sem desprezar nenhuma de suas dimensões. Os elementos biológicos são importantes, mas os biográficos também. É preciso respeitar a vida em sua integralidade”, destacou, em sua fala, o professor Mário Sanches. “O desafio é dizer que não podemos abrir mão da vida em seus contextos biológicos, sociais e biográficos”, complementou.

 

Saiba mais sobre o Observatório

 

Para dom Rodolfo Weber, arcebispo de Passo Fundo que, durante o lançamento, representou a Província Eclesiástica de Passo Fundo e, também, o presidente do Regional Sul 3 da CNBB, dom Jaime Spengler, destacou o desafio e o objetivo de o Obsefvatório cuidar da vida. “Quando olhamos a vida humana, percebemos o quão rica ela é. É desafiador compreender a vida e o ser humano em suas diferentes dimensões. Ao mesmo tempo é que é fascinante, estudar a vida motiva o surgimento de muitas questões. Nesse sentido, a Igreja se sente responsável e tem muito a contribuir no cuidado da vida”colocou e acrescentou: “Não queremos ficar apenas no debate, queremos que esse trabalho se transforme em pastoral. São estes os diálogos que se estabelecem neste Observatório. Queremos, de fato, trabalhar em rede. Quanto mais aquilo que for refletido chegar no ouvido das pessoas, melhor é”, enfatizou.

 

Mapeamento e coleta de dados
Depois de lançado, o projeto parte, agora, para uma etapa de mapeamento de tudo aquilo que já é estudado e pesquisado em cada um dos quatro polos de atuação - Porto Alegre, Pelotas, Santa Maria e Passo Fundo. Assim, as questões relacionadas à vida a partir das perspectivas científicas, filosóficas e teológicas serão a pauta em grupos de estudos interdisciplinares e multiprofissionais. O objetivo é, portanto, fomentar os temas da bioética com dados, coletados por meio de pesquisas científicas, que possam contribuir nos debates da sociedade, em promoção e defesa da vida. O primeiro retorno sobre as pesquisas deve ocorrer em seis meses, no final do primeiro semestre de 2019, a partir dos estudos que já estão em andamento nas universidades.

 

Em Passo Fundo
Com o objetivo de estudar e discutir questões ligadas ao fim da vida, o polo de Passo Fundo envolve, além da Arquidiocese, a Faculdade Especializada na Área da Saúde do Rio Grande do Sul (Fasurgs), Hospital da Cidade (HC), Hospital São Vicente de Paulo (HSVP), Faculdade de Teologia e Ciências Humanas (Itepa Faculdades), Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Universidade de Passo Fundo (UPF) e Faculdade Meridional (Imed). Assim, questões como eutanásia, cuidados paliativos, suicídio assistido, distanásia, testamento biológico, doenças terminais e questões ligadas aos idosos serão responsabilidade deste polo.

 

Equipe De Trabalho | Polo Passo Fundo
Andrei Lodea (UPF – Filosofia)
Debora Marchetti (HSVP – Psicologia: Grupo Consultor De Cuidados Paliativos)
Edison Difante (UPF/UFFS – Ética Do Conhecimento E Filosofia)
Júlio Cesar Stobbe (UFFS – Medicina)
Letícia Stefenon (FASURGS – Odontologia E Cep)
Luiz Antonio Bettinelli (UFP – Enfermagem E Mestrado Em Envelhecimento)
Marilene Rodrigues Portela (UPF – Mestrado Em Envelhecimento Humano)
Marisa Basegio Carreta Diniz (HC – Enfermagem)
Maurício Luzzi (HSVP – Enfermagem: Grupo Consultor De Cuidados Paliativos)
Nadir Antonio Pichler (UPF – Filosofia E Ética Do Conhecimento)
Pe. Ivanir Antonio Rampon (Itepa – Teologia)
Vanderlei Farias (UFFS – Diretor Campus Passo Fundo)
William Brizola Lisboa (HSVP – Fonoaudiologia: Grupo Consultor De Cuidados Paliativa

 

- Casal que representa a Pastoral Familiar – Promoção E Defesa Da Vida CNBB Sul 3 | Província de Passo Fundo
José Antonio Prestes E Claudete Fátima Prestes

 

Sammara Garbelotto
Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo
imprensa@arquidiocesedepassofundo.com.br


Indique a um amigo
 
CONTATO
Cúria Metropolitana
Rua Coronel Chicuta, 436 - 4º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9240

Centro de Pastoral
Rua Coronel Chicuta, 436 - 2º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9204
 
 
 

Copyright @ 2020 - Arquidiocese de Passo Fundo. Todos os direitos reservados.