Arquidiocese de Passo Fundo
 
 
Arquidiocese
 
13.Jun - Padre Joule é acolhido pela Arquidiocese
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Padre Joule é acolhido pela Arquidiocese

O jovem, que recebeu o último grau da Ordem na último domingo, 11, vai seguir atuando na paróquia São Vicente de Paulo, em Passo Fundo

 

 “Amou-os até o fim”. O lema, retirado do Evangelho de São João, serve como inspiração de vida e vocação para o neosacerdote Joule Windson Cunha Santos que no último domingo, 11, foi ordenado na paróquia São Vicente de Paulo, em Passo Fundo, onde o irá atuar como vigário paroquial. Para o jovem, o momento foi de alegria e gratidão.

 

Presidida por dom Rodolfo Luís Weber, a celebração de ordenação retomou a solenidade da Santíssima Trindade e, em sua fala, o arcebispo metropolitano destacou a necessidade de a crença se tornar concreta. “Tudo aquilo que cremos tem influência direta no nosso viver. A fé - o crer - define o nosso modo de viver. Se aquilo que cremos não influencia o nosso viver, na verdade não cremos”, enfatizou.

 

Graça, amor e comunhão

Ainda, dom Rodolfo destacou três palavras essenciais na vida do cristão e, também, na missão do novo sacerdote: graça, amor e comunhão. “Deus chama as pessoas pelo nome e chamou também ao Joule. Estar aqui hoje não é só fruto do seu esforço ou seu mérito. É, também, a pura graça e gratuidade do Senhor que chama. Hoje ele continua a chamar, do mesmo jeito que passava pelo Mar da Galiléia, para os cristãos exercerem uma missão específica no mundo e na Igreja”, colocou e acrescentou: “A missão de quem crê no Deus trinitário é amar as pessoas a ponto de querer salvá-las. Ser presbítero é amor. Se não for por amor, se torna um emprego, um negócio”.

 

Dom Rodolfo direcinou sua fala ao novo presbítero: “Ame o povo que será confiado a ti em todos os lugares a que será enviado. O amor tem doação, tem o compromisso de olhar além das coisas objetivas. Exerça o teu ministério por amor. A Igreja, para ser Igreja, precisa viver a unidade e a comunhão. E este é um desafio importante no presbitério. Se esforce para ser instrumento de comunhão – não como alguém que está à espera, mas como um construtor. ”

 

Caminhada que se constrói

Além das palavras de dom Rodolfo, Joule, que é natural de Campina Grande, na Paraíba, e viu a vocação nascer a partir do envolvimento, desde criança, na comunidade vivenciou, durante o rito de ordenação, a experiência da doação, do serviço e do comprometimento. O novo padre foi ungido pelo arcebispo, professou seus compromissos e foi revestido pela túnica e estola sacerdotal. Ainda, os padres presentes na celebração também receberam com alegria o novo irmão, abençoando-o pela imposição das mãos e acolhendo-o com um fraterno abraço.  Em sua fala, Joule destacou o momento como “singular” e enfatizou, ainda, o seu lema como norte na caminhada que se constrói. “O meu lema me ajudará a vivenciar esse tempo com muita fecundidade. Nessa noite se inicia uma nova caminhada no ministério presbiteral. Foram anos de alegrias, contentamentos e, também, de esperas”, destacou.

 

Confira mais fotos da ordenação

 

O jovem agradeceu aos pais pela presença no processo formativo e, ainda, aos familiares, especialmente aos avós e, também, ao arcebispo dom Rodolfo, aos padres que colaboraram em sua formação e aos seminaristas com quem conviveu. “Me ajudem a me configurar com a trindade, tendo-a como centro em minha vida”, pediu e lembrou, também, dos religiosos, instituições de ensino, pastorais e movimentos onde pôde atuar e destacou, ainda, que estes são “sinais visíveis da presença do Reino de Deus”

 

Por fim, Joule encerrou sua fala lembrando do exemplo de Nossa Senhora. “Abraço a missão presbiteral como Maria, a primeira servidora de Deus, que nos recorda que o amor é o mais profundo e significativo sentimento e que se expressa no serviço aos irmãos. Assim, ela nos mostra, com seu exemplo, que a Igreja é e quer ser a servidora dos seres humanos”, concluiu.



Sammara Garbelotto

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo

imprensa@arquidiocesedepassofundo.com.br

 


Indique a um amigo
 
CONTATO
Cúria Metropolitana
Rua Coronel Chicuta, 436 - 4º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9240

Centro de Pastoral
Rua Coronel Chicuta, 436 - 2º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9204
 
 
 

Copyright @ 2019 - Arquidiocese de Passo Fundo. Todos os direitos reservados.