Arquidiocese de Passo Fundo
 
 
Arquidiocese
 
23.Jul - Em honra a São Cristóvão
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -

Celebração da 57º festa em honra ao padroeiro do colono e motorista aconteceu neste domingo

 

Padroeiro do motorista e do colono, São Cristóvão – celebrado no dia 25 de julho – é um dos santos mais populares da Igreja Católica. Conhecido por carregar o Menino Jesus nos ombros e, assim, demonstrar força, humildade e disponibilidade no serviço, Cristóvão é, hoje, o foco da crença de muitas comunidades. Na Arquidiocese, a paróquia São Cristóvão, em Passo Fundo, reuniu a cidade em torno da tradicional festa: em sua 57ª edição, a celebração iniciou com a procissão motorizada, seguiu com a bênção em frente à paróquia e com a missa.

 

História e celebração

A tradicional festa, que iniciou há 57 anos com o padre Paulo Augusto Farina, na antiga capela São Cristóvão, reúne cerca de 200 voluntários e envolve a cidade em um dia de celebração, agradecimento e pedidos. A cada ano, o número de motoristas que recorre à bênção de São Cristóvão aumenta. Em 2018, estima-se que cerca de cinco mil carros passaram pela procissão. Para o padre Vanderlei Bervian, pároco, a festa é a oportunidade de olhar para o exemplo do santo. “Nosso padroeiro tem uma fama e tradição de mais de 1700 anos. E a festa da paróquia tem a primeira dimensão de reunir vários irmãos e irmãs provenientes de diferentes realidades e que se encontram na mesma e profunda fé em Jesus Cristo, através do testemunho de São Cristóvão”.

 

Vida que se doa

Ainda, durante a homilia da celebração, padre Vanderlei destacou que este testemunho de Cristóvão deve orientar, também, a caminhada das comunidades que se doam gratuitamente para o serviço na Igreja. “Hoje Jesus nos chama e nos agradece por fazermos aquilo que Ele nos manda fazer. Todos nós somos chamados à santidade. O santo é aquele que abre o coração para que a palavra divina se faça presente na vida. A palavra de Jesus deve ser vivida”, destacou. “Cristóvão ajudava as pessoas a atravessar o rio perigoso, o rio da vida que muitas vezes nos afoga. Ele aceitou essa missão e nesse gesto de generosidade sentiu que a criança que carregava tinha algo especial, um peso quase insuportável. Assim, Cristóvão carregou o salvador do mundo em suas costas, o Menino Jesus. E é isso que somos chamados a ser: carregadores, portadores de Jesus em nossa vida, na nossa família e em nossa sociedade. Que essa missão que São Cristóvão recebeu seja leva adiante por cada um de nós”, concluiu o pároco.

 

Sammara Garbelotto

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo

imprensa@arquidiocesedepassofundo.com.br

 


Indique a um amigo
 
CONTATO
Cúria Metropolitana
Rua Coronel Chicuta, 436 - 4º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9240

Centro de Pastoral
Rua Coronel Chicuta, 436 - 2º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9204
 
 
 

Copyright @ 2019 - Arquidiocese de Passo Fundo. Todos os direitos reservados.