Arquidiocese de Passo Fundo
 
 
Arquidiocese
 
26.Dez - Diretório da Arquidiocese movimenta a formação durante o ano
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Diretório da Arquidiocese movimenta a formação durante o ano

Documento que reúne os princípios, as orientações, as diretrizes e as normas que orientam a Ação Evangelizadora em toda a Arquidiocese de Passo Fundo, o Diretório da Arquidiocese de Passo Fundo começou a passar por reformulações ainda durante o ano de 2018. Elaborado de forma processual, os novos trechos do documento vão sendo aprovados e chegando aos poucos nas paróquias da Arquidiocese. Até o momento, os documentos referentes ao sacramentos do Batismo, Eucaristia e Crisma já tiveram os textos aprovados, promulgados e lançados, durante 2019, nas comunidades. Agora, estão sendo vivenciados a partir de uma nova visão que promove a oração, a formação e o discipulado missionário em todas as áreas pastorais da Arquidiocese.

 

Sobre o documento
O texto que vem passando por reformulações foi elaborado em 2008 e guiou as ações da Arquidiocese desde então. O documento, que é atualizado a partir da necessidade da Igreja local, apresenta, em seu texto, os fundamentos da ação evangelizadora da Arquidiocese. Para o Coordenador Arquidiocesano de Pastoral, padre Ivanir Antonio Rampon, o Diretório é um elemento que promove a unidade e que dá a segurança de se estar celebrando em comunhão com toda a Igreja. “O Diretório dá a orientação certa a partir do momento em que estamos vivendo. O texto não se limita a normas e regras. O importante dele é entender os fundamentos das normas e regras, de onde elas vêm e porque é importante segui-las. Não é um documento para prender a ação criativa e ousada das comunidades. Pelo contrário: é para promover a liberdade do Espírito Santo e estimular a Ação Evangelizadora. Neste sentido, é bem evidente no Diretório a sintonia com o Magistério do Papa Francisco que nos convida para uma ‘Igreja em saída’, Igreja que pensa e age a partir das periferias sociais e existenciais”, destaca.

 

Processo participativo
Os resultados do texto que vem sendo elaborado são frutos de um processo participativo que envolve as Áreas Pastorais da Arquidiocese desde 2018. Para elaborar os trechos já aprovados referentes a cada sacramento – Batismo, Eucaristia, Crisma - foram realizadas reuniões nas Áreas Pastorais, com padres, religiosos e lideranças leigas, para estudar, debater e sugerir o conteúdo do novo documento. Depois disso, a Coordenação Arquidiocesana de Pastoral buscou as orientações do Magistério da Igreja – enfatizando, especialmente, as catequeses do papa Francisco sobre o assunto e, ainda, os escritos dos papas Bento XVI, João Paulo II, Paulo VI, Documentos da CNBB e outros documentos da Igreja, especialmente o Vaticano II.

 

Então, um pré-projeto foi apresentado para a Equipe Arquidiocesana do Diretório que aprovou e indicou a apresentação do mesmo para o Clero que aprovou o texto final. Por fim, os documentos foram promulgados pelo arcebispo de Passo Fundo, dom Rodolfo Luís Weber, e lançados nas comunidades, no formato de livretos individuais para cada sacramento, em datas pertinentes às temáticas. 

 

O que muda nas comunidades
Para as comunidades que recebem o novo documento, as mudanças vão sendo percebidas na medida em que o Diretório é estudado e passa a se tornar prática cotidiana. “A proposta do novo Diretório é de um melhoramento significativo daquele que já existia para adequar a ação evangelizadora à realidade que vivemos. O que está acontecendo, agora, são estudos nas paróquias buscando compreender o texto e a sua proposta para as comunidades”, destaca padre Ivanir Antonio. Ele acrescenta, ainda, que o Diretório está sendo estudado e rezado. “O que, talvez, mais movimentou as formações paroquiais e de Áreas Pastorais neste ano, tenha sido as temáticas abordadas pelo Diretório. O Diretório criou novos e bons momentos de formação na Arquidiocese e isso nos surpreendeu”, enfatiza. “A recepção foi muito grande, especialmente por parte das lideranças leigas que, quando tem acesso ao documento, geralmente, ficam encantadas e entusiasmadas”, destaca o padre.

 

Mudanças perceptíveis
Lançado em janeiro de 2019, o livreto que aborda o Sacramento do Batismo foi o primeiro documento que chegou nas paróquias e que, durante o ano, foi sendo colocado em prática. Ao lado dele, um roteiro de Catequese Batismal – novidade aprovada pelo Diretório – ganhou vida e envolveu os pais e padrinhos em uma percepção diferente sobre o primeiro sacramento da vida cristã. Sendo vivido desde o início do ano, o Diretório do Batismo já traz, segundo o padre Ivanir, mudanças perceptíveis na vida das comunidades. “Antes tínhamos cursos sobre o Batismo. Agora temos uma metodologia orante e isto está sendo avaliado de forma positiva pelas paróquias. Os padres e outras lideranças comentam que o próprio rito do Batismo está sendo mais vivencial e, especialmente, qualificou a presença dos pais e padrinhos no sacramento. Essa é uma mudança muito significativa”, elenca.

 

Inspiração em Francisco
Outro fator central dos textos do Diretório é a inspiração no Papa Francisco, nos seus escritos e na sua metodologia. “Se pegarmos o nosso Diretório, ele transpira Francisco. Ensinamentos do Papa Francisco estão ali”. Por exemplo, a Ecologia Integral, ponto bastante enfatizado pelo pontífice, está, também, nas páginas do Diretório da Arquidiocese que propõe uma relação entre os sacramentos e o cuidado com a Casa Comum.

 

O Diretório está em sintonia, também, com a Exortação Gaudete et Exsultate, sobre a santidade no mundo atual.  “Os sacramentos são para a santificação. As pessoas, por vezes, confundem o que é ser santo achando que o conceito é ultrapassado. Hoje se é santo de maneira diferente do que há 50 anos. Mas a santidade é atual”, enfatiza o padre que coloca que o Diretório aborda a questão da santidade no mundo atual a partir dos cenários onde as lideranças estão inseridas. “A santidade é viver o Evangelho no momento em que se vive. Os santos procuram responder, da melhor maneira possível, a vivência do Evangelho no seu tempo e no seu espaço”. 

 

Outro elemento importante trazido pelos textos é o cuidado com as juventudes. “Um desafio, para os próximos anos, é colaborar no cuidado das juventudes. É importante pensar na pastoral juvenil, na pastoral da juventude, nos movimentos e ações pastorais, mas, também, nos jovens que não estão ligados a nenhuma atividade na Igreja. Esse é um trabalho muito grande e nosso Diretório olha para isso, lançando desafios para as comunidades”. 

 

O Diretório também promove os ensinamentos do Papa Francisco sobre a Família. “Quando falamos em família, corremos o risco de pensar em uma família do passado que nunca existiu, que foi idealizada. As famílias do passado também tinham problemas, obviamente. Mas olhamos para trás e idealizamos uma perfeição que não existiu. O nosso Diretório fala da família atual com os seus problemas, virtudes e desafios. É, portanto, uma ajuda às famílias”, aponta o coordenador.

 

Próximos passos
Também, outras questões como a garantia, a defesa e a criação de políticas públicas, a cultura urbana e as novas pobrezas são abordados pelo documento que, no próximo ano, continuará sendo elaborado. Hoje, uma equipe específica já iniciou a reformulação do trecho do documento que aborda questões referentes ao Governo da Igreja – processo que vai durar mais de um ano, em função das especificidades do tema. Além disso, o documento para o Sacramento da Penitência está na fase de pré-projeto e a previsão é de que seja lançado em 2020. Também para o próximo ano, está previsto o início das reformulações dos trechos dedicados aos sacramentos do Matrimônio, Ordem e Unção dos Enfermos, bem como outras temáticas pastorais.

Sammara Garbelotto
Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo
imprensa@arquidiocesedepassofundo.com.br

Indique a um amigo
 
CONTATO
Cúria Metropolitana
Rua Coronel Chicuta, 436 - 4º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9240

Centro de Pastoral
Rua Coronel Chicuta, 436 - 2º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9204
 
 
 

Copyright @ 2020 - Arquidiocese de Passo Fundo. Todos os direitos reservados.