Arquidiocese de Passo Fundo
 
 
FORMAÇÕES
07.Out - Semana Nacional da Vida
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Semana Nacional da Vida


A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), sob a coordenação da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família, promove desde 2005, a “Semana Nacional da Vida” do dia 1º a 7 de outubro, terminando no dia 08 com o “Dia do Nascituro”. Este ano o tema é “Em família defendemos a vida! Com alegria e esperança”. Tem por objetivo sensibilizar a sociedade civil e a própria Igreja para a promoção e defesa da vida, desde a concepção até o fim natural. Há muitas questões envolvidas: planejamento familiar, aborto, fecundação in vitro, manipulação genética, células tronco, políticas públicas de saúde, suicídio, idosos, eutanásia. Assim como existe o cuidado com a vida e a promoção da cultura da vida, também existe a cultura da morte, da manipulação e do descarte da vida em favor de interesses espúrios.


Com o objetivo de refletir sobre o valor e a inviolabilidade da vida humana, São João Paulo II, escreveu em 25 de março de 1995 a carta encíclica “O Evangelho da Vida”. No centro da mensagem do Evangelho anunciado por Jesus Cristo está a boa notícia da “vida” e ele mesmo definiu que sua missão redentora era promover a vida. “Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância”. (João 10,10).


Cada pessoa tem um valor incomparável e em seu ciclo vital vai desenvolvendo e cuidando de todas as suas dimensões. A vida no tempo é condição fundamental, momento inicial e parte integrante do inteiro e unitário processo da existência humana. A vida cada um a recebeu como um dom de valor incomparável. Possibilidade aberta a inúmeros desdobramentos.


Cada pessoa é capaz de chegar a reconhecer a lei natural escrita no coração que reconhece o valor sagrado da vida, do primeiro momento até o seu fim. Mesmo em meio a dificuldades e incertezas, com a luz da razão e com influxo da graça, cada ser humano pode chegar a afirmar o direito de ver sumamente respeitado este bem originário. Sobre o reconhecimento de tal direito se fundamenta a convivência e a sociedade.


Os cristãos agregam os valores religiosos para compreender a vida. Ao ciclo vital natural se adiciona a vocação sobrenatural. A vida tem como horizonte definitivo a eternidade. Mesmo que a realidade terrena seja a etapa “penúltima” e não “última”; mas é realidade sagrada que foi confiada a ser cuidada com responsabilidade e ser levada à perfeição do amor, como doação a de Deus e aos irmãos.


A complexidade da vida não permite reducionismos. Ela também permite ser abordada em forma de oração. “Nós vos louvamos, Senhor Deus da Vida. Bendito sejais, porque nos criaste por amor. Vossas mãos nos moldaram desde o ventre materno. Nós vos agradecemos pelos nossos pais, e todas as pessoas que cuidam da vida desde o seu início, até o fim. Em Vós somos, vivemos e existimos. Abençoai todos que zelam pela vida humana e a promovem. Abençoai as gestantes e todos os profissionais da saúde. Dai às pessoas e às famílias o pão de cada dia, à luz da fé e do amor fraterno. Nossa Senhora Aparecida, intercedei por nossos nascituros, nossas crianças, nossos jovens, nossos adultos e nossos idosos, para que tenham vida plena em Jesus, que ofereceu sua vida em favor de todos”. Amém



Dom Rodolfo Luís Weber

Dom Rodolfo Luís Weber

O arcebispo metropolitano de Passo Fundo, dom Rodolfo Luís Weber, escreve semanalmente artigos de opinião sobre temas diversos e latentes em nossa sociedade.

Indique a um amigo
 
CONTATO
Cúria Metropolitana
Rua Coronel Chicuta, 436 - 4º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9240

Centro de Pastoral
Rua Coronel Chicuta, 436 - 2º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9204
 
 
 

Copyright @ 2019 - Arquidiocese de Passo Fundo. Todos os direitos reservados.