Arquidiocese de Passo Fundo
 
 
FORMAÇÕES
01.Mai - A participação litúrgica através da música
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
A participação litúrgica através da música

A música como ação litúrgica nos insere dentro do mistério celebrado. A musicalidade no exercício de um rito religioso tem o poder de unir e inserir os fiéis em uma participação ativa e plena do que se celebra. “Assim a música contribui muito com o fato de que a celebração não fala somente à inteligência, mas, antes de tudo, ao coração.” (CNBB. A arte de celebrar: Guia pastoral, pág. 51). Quando evidenciamos o papel da música no rito litúrgico, afirmamos não apenas a sua importância e beleza, mas também a necessidade de sua coerência com sua própria função. Logo, podemos afirmar que não se canta qualquer música num rito litúrgico, é preciso estar em plena comunhão com o mistério celebrado.


A música e a participação litúrgica
No rito da Santa Missa podemos perceber dois movimentos que envolvem a música litúrgica. O primeiro são os cantos que acompanham a ação litúrgica, por exemplo, a procissão de entrada, a preparação das oferendas, a procissão da comunhão e a procissão de saída. O segundo movimento são os cantos que constitui o próprio rito, por exemplo, o hino do glória, o ato penitencial, o sinal-da-cruz, as aclamações, a profissão de fé, o prefácio, o cordeiro e o santo. É no exercício desses movimentos, que a celebração realiza o seu princípio mistagógico na comunidade de fé.


Os cantos que acompanham a ação litúrgica nos ajudam a entrar em sintonia, unindo o nosso sentimento de comunidade através do rito realizado. A música exerce o papel de cria um espaço poético dentro da celebração, nos introduzindo aos gestos e movimentos realizados. Podemos dizer que a música litúrgica, nestes momentos, está a serviço da ação celebrada.


Os cantos que são o próprio rito, nos ajudam a participar do mistério celebrado. Integrando o todo da Missa, a musicalidade exerce a própria execução ritual. A harmonia da música integra a atmosfera litúrgica na qual ele exerce a sua função de rito. “É necessário que, com esta música, músicos e assembleia, se coloquem em “ato de penitência” ou em “estado de louvor” (CNBB. A arte de celebrar: Guia pastoral, pág. 54).


Participar com o canto
A música exerce sua função dentro do rito litúrgico percorrendo movimentos diferentes: acompanhando o rito ou sendo o próprio rito. Ter consciência da importância desses movimentos do canto nas celebrações possibilita entender: “que um músico está a serviço da liturgia pelo fato de que saiba criar a ‘atmosfera correta’ à ação que está se desenvolvendo. Nisto consiste a verdadeira grandeza do serviço da música na liturgia.” CNBB. A arte de celebrar: Guia pastoral, pág. 54).


Ter a consciência da importância da música na liturgia, nos impulsiona para a necessidade da preparação. O canto também precisa ser discernido segundo sua função na celebração litúrgica. A sintonia celebrativa deve envolver o cantar com o conteúdo que se celebra. É essa interrelação a principal condição para a participação plena, consciente e ativa do mistério.


A participação não é questão de palavra ou de fazer coisas, mas é viver a verdade do que se celebra. Precisamos crescer na busca de suscitar a experiência com o mistério Pascal de Cristo. E uma das formas mais profundas para nos ajudar a viver e sentir esse mistério é alcançarmos o papel pleno do canto na liturgia.  


Em muitas de nossas comunidades encontramos o dilema de músicas que a muito tempo se tornaram rotina em nossas celebrações. Composições que deixaram a comunidade monótona, independente dos diferentes momentos celebrativos, sempre se canta as mesmas músicas! Neste tempo de acesso à informação, encontramos uma diversidade de cantos litúrgicos que expressam tão bem o seu papel. Refletindo diante essa realidade, o nosso Regional da CNBB SUL 3 organizou um hinário litúrgico com cifras e melodias para ajudar as comunidades a viverem com mais intensidade o mistério Pascal de Cristo. Convidamos as equipes das celebrações, de catequese, os responsáveis pela animação das celebrações a visitarem o site e conferirem o conteúdo apresentado: http://cnbbsul3.org.br/audios/em-breve-hinario-regional-aguarde/


Equipe Arquidiocesana de Liturgia

Equipe Arquidiocesana de Liturgia

A Equipe Arquidiocesana de Liturgia é formada por leigos e padres que, além de organizar as celebrações arquidiocesanas, se responsabilizam pela Coluna Litúrgica - artigo publicado mensalmente no Jornal Presença Arquidiocesana e replicado nesta seção.

Indique a um amigo
 
CONTATO
Cúria Metropolitana
Rua Coronel Chicuta, 436 - 4º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9240

Centro de Pastoral
Rua Coronel Chicuta, 436 - 2º Andar | Edifício Nossa Senhora Aparecida - Centro - 99010-051 | Passo Fundo/RS
(54) 3045-9204
 
 
 

Copyright @ 2019 - Arquidiocese de Passo Fundo. Todos os direitos reservados.